Porto Alegre, terça-feira, 21 de Outubro de 2014

  • 06/03/2014
  • 11:25
  • Atualização: 13:32

Pussy Riot são atacadas com spray de pimenta na Rússia

Nadezhda Tolokonnikova sofreu queimaduras de primeiro grau

Integrantes do Pussy Riot foram atacadas com spray de pimenta na Rússia | Foto: Vasily Maximov / AFP / CP

Integrantes do Pussy Riot foram atacadas com spray de pimenta na Rússia | Foto: Vasily Maximov / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

Jovens atacaram nesta quinta-feira com spray de pimenta e tinta ecológica as duas integrantes do grupo punk russo Pussy Riot, Maria Aliokhina e Nadezhda Tolokonnikova, que sofreram queimaduras. As duas mulheres se encontravam na cidade de Nizhni Novgorod, leste de Moscou, onde deviam visitar uma prisão.

"Um grupo organizado entrou no McDonalds onde as componentes do Pussy Riot comiam e as atacaram com spray de pimenta e outras substâncias aparentemente não tóxicas", contou, Piotr Verzilov, marido de Tolokonnikova.

Um vídeo postado na internet mostra como seis jovens, que usam símbolos patrióticos, se aproximam das cantoras e as insultam. O advogado do grupo, Euvgeni Guni, indicou à agência Interfax que as agressoras também jogaram objetos metálicos contra elas. Tolokonnikova, que publicou em seu Twitter o boletim médico, sofre com queimaduras de primeiro grau em um dos olhos, na testa e nas mãos, enquanto que Aliokhina está muito abalada com a agressão. A polícia abriu uma investigação, segundo a agência Interfax.


Bookmark and Share