Correio do Povo | Notícias | Rádio Ipanema se despede do FM e migra para o digital

Porto Alegre

23ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018

  • 11/05/2015
  • 12:35
  • Atualização: 14:38

Rádio Ipanema se despede do FM e migra para o digital

A partir da próxima segunda, o dial 94.9 passa a ser ocupado pela Bandeirantes

Com 32 anos de história, Ipanema é consagrada como

Com 32 anos de história, Ipanema é consagrada como "a rádio rock de Porto Alegre" | Foto: Reprodução / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Com 32 anos de história e uma relação íntima com Porto Alegre, a Rádio Ipanema, do Grupo Bandeirantes, está se despedindo do FM e migrando totalmente para o mundo digital. A partir das 7h do dia 18 de maio, quem sintonizar o dial 94.9 irá escutar a Rádio Bandeirantes, que até então transmite apenas em AM.

Desde o ano passado, a Ipanema vem passando por reformulações para tentar resgatar o perfil alternativo que marcou sua trajetória durante os anos 80 e 90 na Capital. Como estratégia para aumentar a audiência, a emissora adotou, então, o slogan de “A rádio rock de Porto Alegre” e transformou sua programação. A iniciativa teria gerado bons resultados, conforme indicou o comunicador Cagê Lisboa em uma publicação em seu Facebook na manhã desta segunda-feira, em que lamentava o fim da rádio:

“Sim. Acabou a Ipanema. Não faço mais parte da equipe da Band. Estou novamente desempregado. Apesar dos ótimos resultados nos últimos meses, a Band São Paulo decidiu colocar a AM nos 94.9. Foi o fim de um trabalho bonito que mudou a cena cultural e comportamental do RS. Tenho muito orgulho de ter participado em duas ocasiões da equipe desta rádio que foi fantástica. Um grande beijo a todos que trabalharam comigo e a todos os ouvintes que sempre me apoiaram nestes anos todos”, disse o locutor. Também nas redes sociais, músicos, fãs e personagens marcantes da trajetória da rádio estão se manifestando e lamentando o fim de uma emissora tão importante para o rock no RS.

Além de Cagê, estima-se que outros profissionais deixarão a emissora com a migração. A reportagem tentou contato com a direção para mais esclarecimentos, mas até o momento não teve retorno.