Correio do Povo | Notícias | "Hoje" retrata embates afetivos e ideológicos dos anos de chumbo

Porto Alegre

16ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 16 de Julho de 2018

  • 20/04/2013
  • 10:19
  • Atualização: 10:33

"Hoje" retrata embates afetivos e ideológicos dos anos de chumbo

História adaptada do livro "Prova Contrária" conquistou 6 prêmios no Festival de Brasília

César Troncoso e Desise Fraga contracenam no filme ´Hoje´ | Foto: Ding Musa / Divulgação / CP

César Troncoso e Desise Fraga contracenam no filme ´Hoje´ | Foto: Ding Musa / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Adriana Androvani / Correio do ´Povo

O filme “Hoje”, de Tata Amaral, grande vencedor do Festival de Brasília (com seis prêmios), está sendo exibido em Porto Alegre. A história, adaptada do livro “Prova Contrária”, de Fernando Bonassi, acompanha uma mulher, Vera (Denise Fraga), que chega a seu novo apartamento. Enquanto as caixas ainda estão sendo deixadas pelos cômodos pelos funcionários da companhia de mudança, chega um ex-companheiro seu dos tempos de guerrilha contra a ditadura militar (1964-1985) no Brasil, o uruguaio vivido pelo ator Cesar Troncoso. Com o desenrolar da trama, se percebe que além de serem companheiros de luta, também tinham um envolvimento amoroso. O homem passa a questioná-la sobre como ela obteve o imóvel e cobra da mulher onde foram parar os seus ideais de esquerda. Este embate afetivo e ideológico se passa todo o tempo dentro do apartamento. Por alguns momentos arrastado, o filme embarca em uma viagem intimista e dolorosa de enfrentamento de fantasmas do passado. Vale a pena esperar o final, onde se dá a virada da trama e uma lufada de liberdade.

É um filme que fala sobre o período da ditadura militar no Brasil não pelos grandes conflitos e protestos, mas sobre aqueles que foram vividos anonimamente e que resultaram em sofrimentos impressos nas almas dos que foram vítimas da violência do período.

Assista ao trailer:

Bookmark and Share


TAGS » Cinema, Variedades