Correio do Povo

Porto Alegre, 24 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
20ºC
Amanhã
11º 22º


Faça sua Busca


Arte & Agenda > Variedades

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

18/12/2013 15:17 - Atualizado em 18/12/2013 15:22

Cantor do Lostprophets é condenado a 35 anos de prisão por pedofilia

Ian Watkins confessou tentado estuprar um bebê de um ano e por outros crimes sexuais contra menores

Cantor do Lostprophets é condenado a 35 anos de prisão por abuso de menores<br /><b>Crédito: </b> Attila Kisbenedek / AFP / CP
Cantor do Lostprophets é condenado a 35 anos de prisão por abuso de menores
Crédito: Attila Kisbenedek / AFP / CP
Cantor do Lostprophets é condenado a 35 anos de prisão por abuso de menores
Crédito: Attila Kisbenedek / AFP / CP

O cantor britânico Ian Watkins, líder do grupo Lostphopets, foi condenado a 35 anos de prisão nesta quarta-feira por ter tentado estuprar um bebê de um ano e por outros crimes sexuais contra menores. O advogado de Watkins, que admitiu 13 acusações ante um tribunal de Gales, disse que o cantor havia "explorado as profundezas da depravação".

O músico se declarou culpado de ter encorajado que mães abusassem de seus filhos durante um vídeo-chat. O vocalista, de 36 anos, também falou de seu desejo de intoxicar uma de suas vítimas lançando fumaça de metanfetamina no rosto da criança. "Ian Watkins era o cabeça desta horrível conspiração e é justo que sua sentença reflita isso", disse o serviço de acusação em um comunicado após a sentença.

"É um indivíduo extremamente perigoso e manipulador que maltratou as suas vítimas de maneira calculada", acrescentou, considerando "incompreensível que adultos cometam atos tão chocantes contra crianças e jovens". A polícia investiga agora se Watkins cometeu outros abusos nos Estados Unidos e na Alemanha.

Bookmark and Share

Fonte: AFP







O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.