Correio do Povo

Porto Alegre, 24 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
21ºC
Amanhã
11º 22º


Faça sua Busca


Arte & Agenda > Variedades

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

19/12/2013 23:44 - Atualizado em 19/12/2013 23:51

Ospa emociona multidão na Praça da Matriz, em Porto Alegre

Show gratuito foi acompanhado por cerca de 2,5 mil pessoas na região central da cidade

Show gratuito foi acompanhado por cerca de 2,5 mil pessoas na região central da cidade<br /><b>Crédito: </b> Fabiano do Amaral
Show gratuito foi acompanhado por cerca de 2,5 mil pessoas na região central da cidade
Crédito: Fabiano do Amaral
Show gratuito foi acompanhado por cerca de 2,5 mil pessoas na região central da cidade
Crédito: Fabiano do Amaral

A noite agradável desta quinta-feira foi convidativa para sair de casa e apreciar a última apresentação do ano da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa), no palco instalado em frente à Catedral Metropolitana. O espetáculo Natal na Praça, organizado pelo governo do Estado, foi gratuito, e 2 mil cadeiras foram oferecidas ao público. De acordo com a Brigada Militar, havia cerca de 2,5 mil espectadores, que utilizaram cadeiras de alumínio, bancos plásticos, degraus da Assembleia Legislativa, bancos da Praça da Matriz e até mesmo o cordão da calçada para acompanhar a apresentação.

A abertura foi feita pelo arcebispo metropolitano dom Jaime Spengler, que fez uma bênção para o povo. O maestro Manfredo Schmiedt abriu os "trabalhos" da orquestra ao som da “Suíte nº1 de L’Arlésienne”, de Georges Bizet, emendando logo em seguida a “Clair de Lune”, de Claude Debussy. Schmiedt disse que a escolha das músicas era para que o público pudesse apreciar uma noite sem chuva e com uma bela lua cheia, que demorou a aparecer.

Sentada no degrau da Assembleia Legislativa, a bibliotecária Maria Olivia Bandeira Martha, de 65 anos, curtiu o som da orquestra. “Estou adorando. Acho que deveria ter sempre shows como este na praça. Saí de casa só para ver o espetáculo. Gostaria que tivesse um desses por mês. Dá para ver que o público gosta. Todos os lugares estão tomados”, comentou.

O analista de sistemas Macael Martinello, de 31 anos, estava acompanhado da família. “Nós moramos perto e é a quarta vez que viemos. As apresentações da Ospa são as mais bonitas. Eu venho porque gosto, é muito bom mesmo”, avaliou.

Também se apresentaram o Coro Sinfônico da Ospa e o cantor Juliano Barreto. O destaque foi a interpretação de “Glória” para coro, metais, percussão e órgão. Estiveram presentes no evento o secretário estadual de Cultura, Luiz Antonio de Assis Brasil, e o arcebispo emérito de Porto Alegre, dom Dadeus Grings.


Fonte: Nildo Júnior/Correio do Povo







O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.