Correio do Povo

Porto Alegre, 17 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
19ºC
Amanhã
18º 25º


Faça sua Busca


Arte & Agenda > Variedades > Cinema

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

20/01/2014 08:41 - Atualizado em 20/01/2014 09:04

Filme tratará de desembarque nazista na costa de Pernambuco

"O Sertão Vai Virar Mar e o Mar Vai Virar Sertão" começa a ser rodado neste ano

Crédito: Barbara Cunha/ Divulgação/ CP" alt=""O Sertão Vai Virar Mar e o Mar vai Virar Sertão", de Paulo Caldas, terá filmagens neste ano
Crédito: Barbara Cunha/ Divulgação/ CP" title=""O Sertão Vai Virar Mar e o Mar vai Virar Sertão", de Paulo Caldas, terá filmagens neste ano Crédito: Barbara Cunha/ Divulgação/ CP" />
"O Sertão Vai Virar Mar e o Mar vai Virar Sertão", de Paulo Caldas, terá filmagens neste ano
Crédito: Barbara Cunha/ Divulgação/ CP
"O Sertão Vai Virar Mar e o Mar vai Virar Sertão", de Paulo Caldas, terá filmagens neste ano
Crédito: Barbara Cunha/ Divulgação/ CP

O projeto, em pré-produção, do filme "O Sertão Vai Virar Mar e o Mar Vai Virar Sertão" começa a ser rodado neste ano. O roteiro tem como ponto de partida a história sobre nazistas que o diretor Paulo Caldas ouvia de seu pai, na qual marinheiros alemães desembarcavam na costa de Pernambuco. Ao chegaram em Porto de Galinhas foram presos num quartel. Para incrementar a trama, ele pensou em como seria um encontro deles com cangaceiros na praia. A ideia tomou forma e acabou virando roteiro.

O filme, referência ao cineasta baiano Glauber Rocha (1939-1981), é sobre um casal de cangaceiros que vaga pelo Sertão, no começo dos anos 1940, após o declínio do cangaço. À beira-mar, eles encontram um marinheiro alemão, interpretado por Peter Ketnath, que sobreviveu a um naufrágio. O ator é um rosto conhecido do público brasileiro. Foi o vendedor de remédios de 'Cinema, Aspirinas e Urubus' (2005), filme de estreia de Marcelo Gomes, e trabalhou em 'Deserto Feliz' (2007), de Caldas. Ainda não foi definido o elenco para viver a turma de cangaceiros. O diretor quer fugir dos clichês tanto do sertanejo heroico, quanto do alemão atroz.

O aspecto humano deste encontro será a sua abordagem. Entre eles estabelecem-se uma interação que prevê todo tipo de sentimento: amor, paixão, compreensão. O diretor, que codirigiu, ao lado de Lírio Ferreira, 'Baile Perfumado' (1997), um marco do cinema pernambucano, chamou para colaborar no roteiro o amigo Hilton Lacerda, diretor do premiado 'Tatuagem', em cartaz nos cinemas. Hilton vislumbra um tom fantástico nesse choque cultural. A produção, cujo orçamento deve ficar em torno de R$ 5 milhões, envolve três países: Brasil, Alemanha e Portugal. Um cenário será o interior de uma réplica de um submarino alemão usado na Segunda Guerra Mundial e que foi usado no filme alemão 'O Barco' (1981). Toda a trajetória do personagem de Peter antes de chegar à praia será filmada ali dentro.




Bookmark and Share


Fonte: Correio do Povo





» Tags:Cinema

O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.