Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 20/01/2014
  • 10:47
  • Atualização: 10:59

"Gravidade" e "12 anos de escravidão" dividem prêmio dos Produtores dos EUA

Evento é considerado um indicador chave da tendência que será seguida pelo Oscar

  • Comentários
  • AFP

A odisseia espacial "Gravidade" e o relato histórico "12 anos de escravidão" dividiram no domingo o principal
prêmio do Sindicato de Produtores dos Estados Unidos (PGA) em Los Angeles. Foi um empate inédito na história do evento.

A escolha dos produtores é considerada um indicador chave da tendência que será seguida pelo Oscar. Nos últimos seis anos, os ganhadores dos PGA obtiveram posteriormente o prêmio de melhor filme na festa da Academia de Artes e Ciências de Hollywood.

As duas produções também são grandes favoritas na corrida pelo Oscar: "Gravidade", do diretor mexicano Alfonso Cuarón, foi indicada a dez estatuetas, enquanto o filme de Steve McQueen disputa nove. Os filmes competiam nos PGA com "Trapaça", que tem 10 indicações ao Oscar, "Capitão Phillips", "Clube de Compras Dallas" e "Nebraska", que disputam seis estatuetas cada um. Também estavam na disputa "Ela", "O Lobo de Wall Street", "Blue Jasmine" e "Walt nos Bastidores de Mary Poppins".

TV

Nas categorias televisivas, voltaram a triunfar a comédia "Modern Family" e a série dramática "Braking Bad". Outros ganhadores foram o filme "Minha vida com Liberace", o documentário sobre o Wikileaks "We Steal Secrets" e a animação da Disney "Frozen: Uma Aventura Congelante".


Bookmark and Share


TAGS » Filme, Prêmio