Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 07/02/2014
  • 23:23
  • Atualização: 23:38

Mary Quant, criadora da minissaia, comemora 80 anos

A estilista abriu sua primeira loja em 1955 e popularizou a moda entre os jovens

Mary Quant criou a minissaia na década de 60 | Foto: Pierre Verdy / AFP

Mary Quant criou a minissaia na década de 60 | Foto: Pierre Verdy / AFP

  • Comentários
  • AFP

 A britânica Mary Quant, criadora da minissaia, celebra 80 anos na próxima terça-feira. Em entrevista à agência France Presse, a estilista disse que hoje em dia as mulheres aproveitam mais do que nunca suas vidas e vibra pelas conquistas femininas.

Mary é figura emblemática do "Swinging London", período de efervescência cultural na segunda metade dos anos 60 e, além de criar a minissaia, popularizou a maquiagem e as meias coloridas. Sua marca tinha peças com modelagem simples e cores vivas, expostas em vitrines extravagantes. Adepta das formas geométricas, círculos, contrastes de cores e incorporação de materiais como o PVC, Mary Quant promoveu uma moda alegre, lúdica e sem esnobismo.

Sua estreia no mundo da moda foi compartilhada com o homem que seria mais tarde seu marido, Alexander Plunket Greene. Em 1955, o casal abriu a primeira loja, chamada Bazaar, no bairro de Chelsea, em plena ebulição. A loja de roupas e acessórios, junto com um restaurante aberto no sótão, transformou-se em ponto de encontro de jovens e artistas. Atraiu também celebridades da época, como Brigitte Bardot, Audrey Hepburn, Beatles e Rolling Stones.

Aproveitando seu sucesso, Mary inaugurou a segunda loja, em colaboração com a rede americana de grandes lojas JC Penney, e lançou uma linha acessível para o grande público, chamada The Ginger Group. A britânica é considerada uma das principais criadoras de tendências do mundo. Mary Quant é viúva, tem um filho, três netos e vive em Londres. Em 2000, ela vendeu aos japoneses sua marca de cosméticos, identificada pelo logotipo em forma de flor.

Bookmark and Share


TAGS » Moda, Inglaterra