Correio do Povo | Notícias | "Vivir es Fácil con Los Ojos Cerrados" ganha o Goya de melhor filme

Porto Alegre

21ºC

ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 10 de Dezembro de 2016

  • 10/02/2014
  • 07:17
  • Atualização: 07:27

"Vivir es Fácil con Los Ojos Cerrados" ganha o Goya de melhor filme

Cerimônia anual premia os destaques do cinema espanhol

David Trueba e Cristina Huete recebem o prêmio de melhor filme por ´Vivir es Fácil con Los Ojos Cerrados´ | Foto: Pedro Armestre / AFP / CP

David Trueba e Cristina Huete recebem o prêmio de melhor filme por ´Vivir es Fácil con Los Ojos Cerrados´ | Foto: Pedro Armestre / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

"Vivir es Fácil con Los Ojos Cerrados", comédia de David Trueba sobre as peripécias de um professor de inglês determinado a falar com John Lennon na Espanha franquista, ganhou neste domingo o prêmio Goya de melhor filme.

A produção venceu a comédia "La Gran Familia Española", de Daniel Sánchez Arévalo, o thriller "Caníbal", de Manuel Martín Cuenca, e os dramas "La Herida", de Fernando Franco, e "15 Años y Un Día", de Gracia Querejeta, na cerimônia anual que premia os melhores do cinema espanhol.

Lista dos vencedores do prêmio Goya:

Melhor filme: "Vivir es fácil con los ojos cerrados", de David Trueba

Melhor diretor: David Trueba por "Vivir es fácil con los ojos cerrados"

Melhor filme iberoamericano: "Azul y no tan rosa" de Miguel Ferrari (Venezuela)

Melhor ator: Javier Cámara por "Vivir es fácil con los ojos cerrados"  

Melhor atriz: Marian Álvarez por "La herida"

Melhor ator coadjuvante: Roberto Álamo por "La gran familia española"

Melhor atriz coadjuvante: Terele Pávez por "Las brujas de Zugarramurdi"

Ator revelação: Javier Pereira por "Stokholm"

Atriz revelação: Natalia de Molina por "Vivir es fácil con los ojos cerrados"

Melhor canção original: "Do you really want to be in love?" de Josh Rouse para "La gran familia española"

Melhor roteiro original: David Trueba por "Vivir es fácil con los ojos cerrados"

Melhor roteiro adaptado: Alejandro Hernández e Mariano Barroso por "Todas las mujeres"

Melhor filme europeu: "Amor" de Michael Haneke

Melhor filme de animação: "Um Time Show de Bola" de Juan José Campanella (Argentina-Espanha)

Assista ao trailer:

Bookmark and Share


TAGS » Cinema, Variedades