Porto Alegre, sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

  • 13/02/2014
  • 08:12
  • Atualização: 08:22

Nando Viana apresenta stand up “Nem bom, Nem Mau” hoje

Apresentação faz parte do Porto Verão Alegre e acontece hoje, às 21h, no Teatro da Amrigs

Nando Viana em Nem Bom, Nem Mau | Foto: Luiz França / Divulgação / CP

Nando Viana em Nem Bom, Nem Mau | Foto: Luiz França / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Nando Viana, um dos principais nomes do stand up comedy local, faz apresentação única de “Nem Bom, Nem Mau”, hoje, às 21h, no Teatro da Amrigs (Ipiranga, 5311), pelo Porto Verão Alegre. Com 1h10min de duração, o espetáculo transcorre em clima intimista, como se o jovem estivesse em um bar com os amigos, comentando situações do cotidiano.

Piadas do início da trajetória artística do humorista se misturam a coisas mais pessoais. Alguns temas são polêmicos; outros, um pouco mais pesados, todos abordados da forma que ele mais gosta: com a maior proximidade possível com a plateia.

Também sozinho no palco, Cris Pereira protagoniza “Gaudêncio em Busca de Odet”', que está no Teatro Renascença (Erico Verissimo, 307), às 21h. Um dos primeiros personagens do comediante, que se consagrou com Jorge da Borracharia, é o foco da montagem, que traz as encrencas em que o bagual se mete para encontrar sua prenda amada.

Os jogos de improviso, a irreverência, o descompromisso e as risadas da hora mais feliz do dia é o mote de “Happy Hour - Jogos de Improviso”, que se despede hoje, às 21h, no Teatro de Câmara Túlio Piva (República, 575), às 21h. Sem textos programados, o espetáculo com Eduardo Mendonça, Thiago Prade, Marcos Piangers e Rafael Pimenta é uma celebração das coisas boas da vida. Nele é proibido falar de trabalho, da sogra ou do chefe, a não ser que seja para falar mal mesmo.

A trajetória de um jovem que perde sua vida repentinamente em um acidente de moto é o tema de “Caminhos que Cruzei, Amigos que Encontrei”, hoje, em último dia, às 21h, no Teatro Bruno Kiefer da Casa de Cultura Mario Quintana (Andradas, 736). A negação da morte, necessidade de vingança, sofrimento dos que ficam, envolvimento com drogas, etc., são abordados por Felipe Souza, na peça dirigida por Luís Carlos Pretto. A acidez de Plínio Marcos dá o tom na versão da Cia. Gato & Sapato de “Navalha na Carne”, que expõe a marginalidade nua e crua, no Teatro de Arena (altos do viaduto da Borges de Medeiros, 835), hoje, 21h. A peça traz o submundo da sociedade, em figuras como o cafetão Vado, a prostituta Neusa Suely e Veludo.

Já “Kronnus, o Ilusionista” é a opção no Teatro Sesc (Alberto Bins, 665), nesta quinta-feira, também em última sessão, às 21h. Mágica, ilusionismo, humor, dança e poesia integram o espetáculo, em clima fantástico. Recheado com grandes ilusões de calibre internacional, o espetáculo de Thiago Neves, com 1h de duração, tem classificação livre, podendo ser conferido por toda a família, O artista sobe ao palco com Diana Fróes, Letícia Alves e Daniele Fogaça.

Bookmark and Share