Porto Alegre, segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

  • 17/02/2014
  • 07:41
  • Atualização: 08:02

Porto Alegre comemora centenário de Tony Petzhold

Diversas atividades até sábado relembram uma das pioneiras da dança no Estado

Atividades relembram uma das pioneiras da dança no Estado até sábado  | Foto: CP Memória

Atividades relembram uma das pioneiras da dança no Estado até sábado | Foto: CP Memória

  • Comentários
  • Correio do Povo

Os 100 anos do nascimento de Tony Seitz Petzhold (1914-2000), uma das pioneiras da dança no Rio Grande do Sul e responsável pela formação de toda uma geração de bailarinos e coreógrafos gaúchos, serão comemorados com diversas atividades, a partir desta segunda-feira até sábado, na Casa Cultural Tony Petzhold (Cristóvão Colombo, 400), em Porto Alegre. Pelo casarão passaram artistas como Tais Virmond, Victória Milanez, Jussara Miranda, Edison Garcia, Anette Lubisco, Jane Blauth, Maria Amélia, Maria Cristina Futuro e Sérgio Marschal. “Tony foi uma das precursoras da dança no Brasil, artista, coreógrafa, professora e militante na construção do respeito e da valorização da formação e produção em dança”, define a neta Thais Petzhold.

A programação inclui um bailão, no dia 19, às 22h, com Kako Xavier e convidados, e o lançamento da Associação de Amigos da Casa Tony Seitz Petzhold, no dia 20, em cerimônia especial. Também está prevista a apresentação de um selo comemorativo. Nos dias 21 e 22, será realizado o CasaDança, evento de dança que reunirá diversas artistas com histórico vinculado à Casa. Serão oferecidos também 13 cursos, como arte circense, biodanza, balé clássico, dança de salão e afro, com vagas limitadas e gratuitas ao público externo. Os interessados devem buscar informações no local ou no site da instituição.

Fundado como espaço de formação de dança, na década de 50, com o nome Escola de Bailados Clássicos Tony Seitz Petzhold, o casarão centenário - de 1916 - foi nascedouro de talentos. A partir da década de 90, abrigou grupos teatrais e de outras artes. Em 2013, a neta de Tony, Thais Petzhold, e a bailarina e professora Ana Claudia Pedone recuperaram o casarão e criaram a Casa Cultural Tony Petzhold, tendo como foco a dança e a integração artística. Atualmente, no local são desenvolvidas atividades diversas, como apresentações, performances, projetos culturais, vernissages, exposições, shows, workshops, pesquisas colaborativas, palestras. “O espaço se constitui a partir de relações profundas e de parcerias, sem as burocracias do sistema público e sem uma especulação capitalista”, completa Thais.

Bookmark and Share