Porto Alegre, sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

  • 13/03/2014
  • 14:22
  • Atualização: 18:19

Paulo Goulart morre aos 81 anos

Ator estava hospitalizado para tratamento de um câncer

Sua última atuação nas telas foi no filme O Tempo e o Vento | Foto: Dowtown Filmes / Divulgação / CP

Sua última atuação nas telas foi no filme O Tempo e o Vento | Foto: Dowtown Filmes / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O ator Paulo Goulart morreu nesta quinta-feira aos 81 anos. Paulo estava internado no hospital São José, em São Paulo. Entre agosto e outubro de 2012, o artista ficou internado devido a um câncer no mediastino, região entre os pulmões. Paulo Afonso Miessa, conhecido como Paulo Goulart, faleceu em decorrência de um câncer renal avançado. Paulo será velado a partir das 23h30min no Theatro Municipal de São Paulo, no centro paulistano. Está marcado para esta sexta, às 13h, o enterro no Cemitério da Consolação.

Nascido em Ribeirão Preto, Paulo Goulart começou a carreira no rádio, quando seu pai fundou uma emissora na cidade de Olímpia, no interior de São Paulo. Lá ele trabalhou como DJ, operador de som e locutor. Estudou química, pois queria ter um "ofício" - rádio, afinal," ainda que fosse uma enorme coqueluche, não era considerada uma profissão". Foi o rádio, no entanto, que lhe abriu as portas para o trabalho como ator. Nos anos 50, ao mudar para São Paulo, fez um teste para ser locutor da Rádio Tupi. Não passou, mas acabou sendo contratado por Oduvaldo Vianna como radioator, iniciando a carreira artística.

Casado com a atriz Nicette Bruno desde 1952, Paulo era considerado um dos maiores atores nacionais e os dois formavam um dos casais mais queridos dentro e fora da televisão. Ele deixa além da esposa, os filhos Beth Goulart, Bárbara Bruno e Paulo Goulart Filho. Paulo Goulart faleceu no dia do aniversário de seu filho, Paulo Goulart Filho.

Paulo Goulart atuou em inúmeras peças de teatro, novelas e filmes. Em 1952 fez sua primeira peça teatral, quando também conheceu a atriz Nicette Bruno, com quem acabou se casando logo depois. No cinema, estreou em 1954 no filme  “Destino em Apuros”, de Ernesto Remani. Já na TV, seu primeiro papel foi em "Helena", em 1952, na TV Excelsior. 
Por lá participou das novelas "As Minas de Prata", "Anjo Marcado", "Os Fantoches", "A Muralha", "O Terceiro Pecado" e "Vidas em Conflito". Na TV Globo, fez diversas de novelas, como "Plumas e Paetês" (1980), "Roda de Fogo" (1986), "O Dono do Mundo" (1991), "Mulheres de Areia" (1993), "Esperança" (2002), "América" (2005), "Duas Caras" (2007), "Ti-ti-ti" (2010) e "Morde & Assopra" (2011).Seu último trabalho na TV foi a minissérie Louco por Elas (2012). Sua última atuação na frente das câmeras foi no filme "O Tempo e o Vento", do diretor Jayme Monjardim.

Bookmark and Share


TAGS » Gente, TV