Porto Alegre, domingo, 23 de Novembro de 2014

  • 20/03/2014
  • 13:09
  • Atualização: 13:41

Prêmio José Lutzenberger tem objetivo de promover debate sobre sustentabilidade

Serão premiados os três melhores trabalhos de cinco categorias jornalísticas

João Freire, da Brasken; João Batista de Melo Filho, representando a Ari e Alexandre Bugin, da ABES durante evento de apresentação | Foto: André Ávila

João Freire, da Brasken; João Batista de Melo Filho, representando a Ari e Alexandre Bugin, da ABES durante evento de apresentação | Foto: André Ávila

  • Comentários
  • Correio do Povo

Com o objetivo de promover o debate na sociedade sobre sustentabilidade, a Braskem, a Associação Riogradense de Imprensa (ARI) e a Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES-RS) lançaram na manhã desta quinta-feira o Prêmio José Lutzenberger de jornalismo ambiental.

O prêmio irá destacar os três melhores trabalhos nas seguintes categorias: jornalismo impresso, fotojornalismo, radiojornalismo, telejornalismo, webjornalismo e o prêmio Braskem de Jornalismo Universitário. A premiação máxima será de R$ 5 mil. Serão aceitos os trabalhos divulgados entre 1º de outubro de 2013 e 30 de julho de 2014. As inscrições poderão ser feitas até o dia 28 de agosto de 2014. Nas categorias profissionais, os jornalistas precisam ter registro na Delegacia Regional do Trabalho e Emprego. Os estudantes precisam estar matriculados em uma universidade do RS.

O foco do prêmio é o de divulgar experiências positivas, com destaque para a aplicação de novas tecnologias, em especial na área do saneamento ambiental, bem como esforços de empresas e entidades, escolas e universidades, pessoas e instituições públicas e privadas na busca de soluções para o setor. O regulamento completo pode ser acessado pelo site do Prêmio de Jornalismo Ambiental.

Segundo o presidente da ARI, João Batista de Melo Filho, o prêmio é um estímulo à divulgação do conhecimento sobre meio ambiente. E, neste contexto, não poderia ter sido escolhido um ícone melhor para homenagear, Lutzenberger. “Ele sempre foi um apaixonado por sustentabilidade”, resumiu. O presidente também ressaltou que sustentabilidade é mais do que apenas preservar a vida do homem, mas cuidar da vida como um todo.

“Queríamos fazer algo que fosse além. Uma ação que transportasse o assunto para a sociedade. Vamos fazer por meio deste prêmio um debate maior sobre sustentabilidade”, afirmou o diretor de Relações Institucionais da Braskem, João Ruy Freire. Em sua manifestação, ele lembrou que a iniciativa contou com a parceria dos familiares de Lutzenberger, que também prestigiaram o evento.

Para o vice-presidente da ABES-RS, Alexandre Bugin, é fundamental que a informação seja transmitida de maneira correta, por isso, é importante que venha dos jornalistas.


Bookmark and Share