Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 03/05/2014
  • 16:37
  • Atualização: 16:53

Peça "Casa das Especiarias" exige que o público use olfato e paladar

Espetáculo faz um convite ao prazer e ao envolvimento em experimentações diferentes

  • Comentários
  • Correio do Povo

Olfato e paladar apurados são solicitados do público que for conferir “Casa das Especiarias”, em cartaz neste domingo, em duas sessões, às 18h e às 20h, na Sala Álvaro Moreyra (Érico Veríssimo, 307). A Cia. Terpsí Teatro de Dança, que há 27 anos se volta à dança contemporânea, se dedica a pesquisar e resgatar experiências humanas, tendo suas exibições conhecidas por romperem a barreira que separa os intérpretes da obra. Neste espetáculo a Terpsí faz um convite ao prazer e ao envolvimento em experimentações diferentes.

O espetáculo, uma mescla de dança, música e imagem, mostra uma metamorfose de corpos que vão virando a comida de que se precisa para viver. A diretora Carlota Albuquerque diz que a obra emerge da interação simultânea entre o real e o virtual, como provocadores de muitas imagens. Contemplada pelo Prêmio Fundarte de Dança Klauss Vianna 2010, a montagem inicial estreou em 2011, no Museu do Trabalho. No ano passado, ganhou o Prêmio Braskem de melhor cenário, assinado pelo bailarino Raul Voges.

Bookmark and Share


TAGS » Variedades