Porto Alegre, sábado, 22 de Novembro de 2014

  • 16/05/2014
  • 09:46
  • Atualização: 10:13

"Rogai" tem única apresentação neste sábado em Porto Alegre

Coreografia busca referência em clássicos da literatura e arte que retratam a seca

Espetáculo da Malma Cia. de Dança terá única apresentação neste sábado, a partir das 20h | Foto: Diogo Mascarenhas / Divulgação / CP

Espetáculo da Malma Cia. de Dança terá única apresentação neste sábado, a partir das 20h | Foto: Diogo Mascarenhas / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Um diálogo entre a dança e ícones da cultura brasileira, como as obras "Os Sertões", de Euclides da Cunha, ou "Os Retirantes", de Cândido Portinari, é o que propõe o espetáculo "Rogai", com a Malma Cia. de Dança. Ele terá apresentação única neste sábado, às 20h, no Teatro Ciee (avenida Dom Pedro II, 861). A coreografia é assinada por Arilton Assunção.

A companhia, da cidade de Novo Hamburgo, foi a única selecionada pelo programa O Boticário na Dança, entre 39 contemplados no país. Em "Rogai" se pode conferir, ao mesmo tempo, o gesto cênico e a dura realidade dos migrantes, angústia socioeconômica e ecológica que assombrou - e ainda assombra - o Nordeste brasileiro.

Em 50 minutos de espetáculo, coreógrafo e bailarinos falam sobre a ausência: a ausência de água e futuro, mais à flor do entendimento, e a ausência mais profunda e visceral de tudo o que nos torna humanos: a ausência do outro, do sonho, da terra. "Rogai" usa trilha sonora eminentemente brasileira para dar voz à rude melancolia da alma cabocla que, mesmo diante do vazio seco, mantém viva a esperança. 

Bookmark and Share