Porto Alegre, sábado, 20 de Dezembro de 2014

  • 19/05/2014
  • 10:11
  • Atualização: 10:33

FestiPoa Literária começa nesta segunda

Festa homenageia escritor pernambucano Marcelino Freire

Pernambucano Marcelino Freire é homenageado desta edição | Foto: Edson Kumasata / Divulgação / CP

Pernambucano Marcelino Freire é homenageado desta edição | Foto: Edson Kumasata / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Luiz Gonzaga Lopes / Correio do Povo

Em março de 2008, Porto Alegre passou a ser mais alegre ainda e a festejar com literatura. A FestiPoa Literária se consolidou como um grande evento, mas com ares de informalidade, reunindo grandes nomes da literatura gaúcha, nacional e internacional, como nesta 7ª edição, que começa nesta segunda-feira e vai até domingo.

A mesa de abertura, às 18h30min, no Instituto Goethe (24 de Outubro, 112), reúne Cíntia Moscovich, Wilson Freire e Lourenço Mutarelli em conversa com Marcelino  Freire, escritor pernambucano homenageado nesta edição. Às 20h tem lançamento do livro de Marcelino, "Nossos Ossos" (Record) e da revista Volver, encerrando às 21h com o espetáculo lítero-musical "Cantos Negreiros", com Marcelino e Fabiana Cozza.

Entre os autores que estarão presentes à 7 FestiPoa estão Paulo Scott, Fausto Fawcett, Lima Trindade, João Silvério Trevisan, Miró da Muribeca, Altair Martins, Leo Felipe, Paulo Ribeiro e Sérgio Vaz. "A FestiPoa busca trabalhar a leitura e oferecer possibilidade de acesso à leitura do texto literário. Ela não segue o modelo consagrado pela Flip (Paraty) nem o das Bienais e grandes feiras de livro. "Pretendemos ir por outro caminho, o de dar acesso à literatura, discuti-la e apresentá-la de modo informal", afirma o idealizador, Fernando Ramos. "Eu amo a FestiPoa. Porque é feita com sinceridade, com teimosia, com amor. Tudo feito assim é mais vigoroso, menos solene, mais animado", declara o homenageado, Marcelino Freire.
Bookmark and Share