Porto Alegre, sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

  • 30/05/2014
  • 17:47

Poeta e diplomata Alberto Costa e Silva vence Prêmio Camões 2014

Prêmio é concedido desde 1989 a escritores que tenham contribuído para o enriquecimento da língua portuguesa

  • Comentários
  • Agência Brasil

O poeta, diplomata e historiador Alberto da Costa e Silva é o vencedor do Prêmio Camões 2014. O nome do brasileiro foi anunciado nesta sexta-feira em Lisboa. Neste ano, o prêmio teve como jurados os escritores Affonso Romano de Santanna, Antonio Carlos Secchin, Mia Couto e José Eduardo Agualusa, a professora universitária Rita Marnoto e o jornalista José Carlos Vasconcelos.

Instituído pelos governos do Brasil e de Portugal, o Prêmio Camões é concedido, desde 1989, a escritores que tenham contribuído para o enriquecimento da língua portuguesa. O júri é composto por dois representantes do Brasil, dois de Portugal e dois membros de países africanos que tenham o português como língua oficial.

Especialista em África, Alberto da Costa e Silva é diplomata, historiador, memorialista e atual orador do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. Desde 2000, ocupa a cadeira número 9 da Academia Brasileira de Letras. Autor de 26 livros de poesia, memória e história, o escritor receberá 100 mil euros pelo prêmio.

Em nota, a ministra da Cultura, Marta Suplicy, comemorou o prêmio. "A premiação de Alberto da Costa e Silva é mais um reconhecimento que a cultura brasileira merecidamente recebe. O Prêmio Camões 2014 está em ótimas mãos", destacou.

Filho do poeta Antônio Francisco da Costa e Silva, o escritor recebeu o Prêmio Jabuti em 1997 pelo livro de poesias "Ao Lado de Ver"a. Em 2004, foi eleito profissional do ano pela União Brasileira de Escritores.

Desde a criação do Camões, o Brasil venceu 11 vezes. Entre os autores nacionais premiados, estão João Cabral de Melo Neto (1990), Rachel de Queiroz (1993) e Jorge Amado (1994).

Bookmark and Share


TAGS » Gente, Variedades