Porto Alegre, sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

  • 30/05/2014
  • 21:49
  • Atualização: 21:56

Jornalista agressor de Brad Pitt é condenado a três anos de condicional

Vitali Sediuk está preso sob fiança estipulada em 20 mil dólares

Brad Pitt foi agredido durante a estreia do filme Malévola  | Foto: Jason Merritt / Getty Images / AFP / CP

Brad Pitt foi agredido durante a estreia do filme Malévola | Foto: Jason Merritt / Getty Images / AFP / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O homem que agrediu o ator Brad Pitt na estreia do filme “Malévola” em Hollywood na última quarta-feira foi condenado a três anos de liberdade condicional e a 20 dias de trabalho comunitário por um tribunal de Los Angeles. O agressor é o jornalista ucraniano Vitali Sediuk, de 25 anos, que também foi proibido de se aproximar de qualquer estreia cinematográfica ou evento relacionado a personalidades, e da sede da Academia de Cinema.

Na decisão tomada nesta sexta-feira, a justiça também decretou que Vitali Sediuk, inicie um tratamento psicológico e se mantenha a mais de 460 metros de distância de Pitt e de sua mulher, a atriz Angelina Jolie. De acordo com as autoridades, o jornalista “tocou no ator e quebrou seus óculos”.

Brad Pitt não foi a primeira vítima do jornalista. Ele também já atacou os atores Will Smith e Leonardo DiCaprio, e recentemente se enfiou debaixo do vestido da atriz America Ferrera durante o tapete vermelho de Festival de Cannes.

Sediuk permanece preso com uma fiança estipulada em 20 mil dólares.

Bookmark and Share