Porto Alegre, domingo, 23 de Novembro de 2014

  • 03/07/2014
  • 21:31
  • Atualização: 21:34

Banda e vocalista devem indenizar espectador constrangido em show no RS

TJ-RS determinou pagamento de R$ 12,4 mil por danos morais na cidade de Barros Cassal

  • Comentários
  • Correio do Povo

A banda Reação em Cadeia e o vocalista Jonathan Corrêa foram condenados na justiça gaúcha por constranger espectador num show realizado em Barros Cassal. De acordo com a ação, o vocalista teria submetido um homem presente no show a situação constrangedora, antes dele ser retirado do local "de forma violenta por seguranças".

A decisão do TJ-RS determinou um valor de R$ 12,4 mil a ser pago ao espectador, por danos morais. Conforme relatado pelo autor do processo, ele estaria na ala vip do show quando foi alvo do "assédio do cantor". O homem contou que possivelmente foi alvo da situação por ter feito um gesto negativo com o polega durante a apresentação.

Conforme os desembargadores, a atitude do vocalista, ao sentar no colo do espectador, causou constrangimento por conta de foto da situação publicada em jornal local. O autor da ação teria "virado alvo de chacotas e piadas na cidade, em especial no seu local de trabalho".

Os réus pediram anulação das citações de pessoa jurídica e afirmaram que o vocalista não cometeu ação ilícita, negando ofensa. O desembargadores do TJ-RS mantiveram a indenização.

Bookmark and Share


TAGS » Justiça, Variedades