Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 24 de Setembro de 2017

  • 13/07/2017
  • 09:16
  • Atualização: 10:33

Restos de Dalí serão exumados em 20 de julho para exame de paternidade

Caso provada, suposta filha Pilar Abel poderá iniciar processos judiciais para exigir sua parte na herança

Caso provada, suposta filha Pilar Abel poderá iniciar processos judiciais para exigir sua parte na herança | Foto: STF / AFP / CP Memória

Caso provada, suposta filha Pilar Abel poderá iniciar processos judiciais para exigir sua parte na herança | Foto: STF / AFP / CP Memória

  • Comentários
  • AFP

Uma juíza espanhola encarregada do processo de reconhecimento de paternidade envolvendo o gênio surrealista Salvador Dalí ordenou sua exumação para 20 de julho - indicaram diferentes fontes nesta quinta-feira. O objetivo é determinar se Dalí é o pai biológico de uma mulher nascida em Figueras, a cidade natal do artista, na Catalunha.

A decisão ainda é alvo de um recurso que pode bloquear a exumação.Uma porta-voz da Fundação Salvador Dalí em Figueras disse à AFP que recebeu a notificação da exumação para 20 de julho. E um porta-voz da Justiça de Madri informou que o procedimento está previsto para as 9h30min (4h30min de Brasília). A coleta de amostras de DNA será feita diretamente no túmulo e enviada para um instituto de Madri para a análise.A fundação entrou com um recurso contra a decisão da juíza que ordenou, no final de junho, a exumação para coleta de DNA do pintor, falecido em 1989.

Nessa terça-feira, a Justiça procedeu com a coleta da saliva da suposta filha do artista, Pilar Abel Martínez, de 61 anos. Há dois anos, ela iniciou um processo por reconhecimento da paternidade, depois que sua família a informou que ela era a única descendente do gênio catalão.

Em uma entrevista pouco precisa dada em março de 2015 à televisão catalã TV3, Pilar Abel explicou que sua mãe e Dalí tiveram uma relação clandestina quando ela trabalhava no pequeno enclave costeiro de Port-Lligat (Cadaqués), onde o artista passava longas temporadas.Contou que, após ficar grávida, sua mãe se casou com outro homem e, meses depois, ela nasceu. Quando tinha oito anos, sua avó paterna lhe disse: "Sei que você não é filha do meu filho, sei que seu pai é um grande pintor"."E me disse o nome: Dalí", assegurou.

Segundo ela, sua mãe lhe confirmou essa versão, antes de sofrer de demência senil. Em sua decisão, datada em 20 de junho, a juíza estimou que "a obtenção de restos ósseos e/ou peças dentais" do artista era necessária por não existirem "restos biológicos nem objetos pessoais com os quais praticar o teste". Se a paternidade for provada, Pilar Abel poderá iniciar processos judiciais para exigir sua parte na herança.

Casado com Gala Éluard Dalí, ex-mulher do poeta francês Paul Éluard, Dalí viveu os últimos anos de sua vida recluso em um castelo em Pubol, a cerca de 40 quilômetros de Figueras, onde foi enterrado junto com sua esposa. Eles não tiveram filhos.