Correio do Povo | Notícias | Feira do Livro incentiva cultura e turismo em Pelotas

Porto Alegre

33ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 16 de Dezembro de 2018

  • 06/11/2017
  • 08:08
  • Atualização: 08:11

Feira do Livro incentiva cultura e turismo em Pelotas

Cidade espera reunir muitos visitantes e prevê mais vendas do que na última edição

Feira do Livro incentiva cultura e turismo em Pelotas  | Foto: Facebook / Reprodução / CP

Feira do Livro incentiva cultura e turismo em Pelotas | Foto: Facebook / Reprodução / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Desde a última semana, os apaixonados por livros têm a Praça Coronel Pedro Osório, no Centro de Pelotas, como ponto de encontro. É a 45ª Feira do Livro que vai até o próximo dia 19. Neste período, o público local e de várias cidades da região pode visitar as 15 bancas de livros instaladas e acompanhar as atividades culturais e literárias programadas.

Em 2017, a Feira tem como tema “Cidade dos Livros: Patrimônio e imaginação” e como patrono, o jornalista Klécio Santos. A oradora é a diretora da Bibliotheca Pública Pelotense, Lisarb Crespo de Costa. Quem aproveitou para visitar o evento na tarde deste domingo foi a professora aposentada Ilza da Silveira Machado. “Acho o evento importante. A Feira mobiliza tirando as pessoas de casa em busca de cultura”, opina.

Para o livreiro Marcos Macedo, é a oportunidade de as pessoas verem as novidades. “Participamos desde 1960, ou seja, viemos em todas as edições. Posso dizer que está bom o movimento do primeiro final de semana. Vale muito a pena participar”, relata. Ele conta que o interesse do público é bem variado. “Tem aqueles que já vêm procurando um livro específico. Tem grande saída infantis e juvenis, mas também tem as pessoas que gostam de visitar a Feira e descobrir coisas diferentes, as novidades do setor.”

Em 2016, foram vendidos 81 mil livros e os organizadores esperam superar a marca. Para a edição de 2017, a Feira do Livro tem como novidade a Alameda Literária. “É um espaço para reunir os escritores e o público. No local ocorrem as sessões de autógrafos, as rodas de conversas. Virou o coração do evento. É a oportunidade de os escritores estarem mais perto do público interagindo, falando sobre a obra”, explica a organizadora da Feira, Téia Bender. A Alameda Literária acontece todos os dias, às 20h30min. Já a Feira pode ser visitada gratuitamente das 13h às 22h.