Correio do Povo | Notícias | Filme premiado de cineastas gaúchos, "Tinta Bruta" entra em cartaz nesta quinta-feira

Porto Alegre

20ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018

  • 06/12/2018
  • 08:17
  • Atualização: 18:33

Filme premiado de cineastas gaúchos, "Tinta Bruta" entra em cartaz nesta quinta-feira

Produção sobre tragédia na Noruega também marca as estreias desta semana

"Tinta Bruta" conta a história de Pedro (Shico Menegat), um jovem que ganha dinheiro em fóruns da Internet | Foto: Avante Filmes / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Estreia no cinema, “Tinta Bruta”, segundo filme dos gaúchos Filipe Matzembacher e Marcio Reolon, que acabou de ganhar vários prêmios, no Festival do Rio de Janeiro, de melhor Filme, Roteiro, Ator e Ator coadjuvante, e participou da Mostra Panorama no Festival de Berlim 2018, de onde saiu com o prêmio Teddy.

• Universal Pictures vai lançar filme inspirado em composições de Prince

O drama narra a história de Pedro (Shico Menegat), um jovem que ganha dinheiro com atuações em fóruns de relacionamento na Internet, sua única fonte de renda. Ele acaba de deixar a faculdade após passar a responder um processo criminal e se vê sem parceria, com a partida da irmã para o exterior. Nesse universo da Internet, encontra Leo (Bruno Fernandes), com quem estabelece uma parceria profissional que aos poucos se torna afetiva.

Tem também a estreia de “Câmara de Espelhos”, documentário de Dea Ferraz, com entrevistas de homens e moradores da Região Metropolitana de Recife, que falam do universo masculino e do papel das mulheres na sociedade ocidental.

• Rami Malek recorda desafio ao encenar Freddie Mercury em "Bohemian Rhapsody"

Baseado na tragédia de 22 de julho de 2011, onde um terrorista atirou em jovens, na Noruega, chega às telas “Utoya”. “2 Outonos e 3 Invernos”, com direção e roteiro de Sébastien Betbeder, conta a história de um amor com suas doses de alegria e dúvidas.

Já no universo do terror estreia “O Chamado do Mal”, em que um jovem casal, prestes a ter um bebê, libera, involuntariamente, uma entidade maligna com pretensões perigosas. Tem ainda “Carmen”, a ópera, na tela do cinema, e “Maria Callas em Suas Próprias Palavras”.