Porto Alegre

23ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 17 de Novembro de 2017

  • 26/04/2017
  • 10:37
  • Atualização: 10:41

Quadro de Velásquez é leiloado por 8 milhões de euros em Madri

Retrato nunca havia sido estudado até que o dono decidiu vendê-lo

Quadro de Velásquez é leiloado por 8 milhões de euros em Madri | Foto: Gerard Julien / AFP / CP

Quadro de Velásquez é leiloado por 8 milhões de euros em Madri | Foto: Gerard Julien / AFP / CP

  • Comentários
  • AE

Um retrato em óleo do mestre espanhol Diego Velázquez foi vendido em um leilão em Madri, naa terça-feira, por 8 milhões de euros, anunciou a casa Abalarte. O óleo, que mostra uma menina de olhos grandes e com as mãos em postura de oração, com saia marrom e blusa de colarinho branco, nunca havia sido estudado até que o dono decidiu vendê-lo, informou a casa leiloeira.

A casa Abalarte acredita que a tela de 57,5 por 44 centímetros tenha sido pintada na juventude pelo artista sevilhano (1599-1660), conhecido pela obra-prima "Las Meninas", exposta no Museu do Prado de Madri. O proprietário da tela, intitulada "Retrato de niña o joven inmaculada", era uma pessoa física de Madri, cuja identidade não foi informada. Sua família manteve a pintura por gerações.

Richard de Willermin, especialista em arte espanhola do século XVII, que colabora com a casa de leilões, examinou o óleo e concluiu que era um Velázquez. Especialistas do Museu do Prado também estudaram a pintura, mas o museu não fez nenhum comentário público a respeito, pois nunca dá sua opinião sobre peças que não integram a sua coleção.

A disputa pelo retrato começou em 8 milhões de euros, explicou a Abalarte, mas não houve oferta superior. A identidade do comprador não foi revelada, mas a pintura não pode deixar o país por determinação do governo, que proíbe levar para o exterior qualquer trabalho que possa fazer parte do patrimônio espanhol.

Pintor barroco considerado um dos maiores expoentes da arte espanhola, Velázquez pintou durante sua vida aproximadamente 200 quadros, dos quais restam 120, a metade deles no Museu do Prado.


TAGS » Arte, Leilão, Variedades