Correio do Povo | Notícias | 11ª Bienal do Mercosul apresenta obras de mais de 70 artistas

Porto Alegre

33ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 13 de Novembro de 2018

  • 05/04/2018
  • 17:23
  • Atualização: 18:28

11ª Bienal do Mercosul apresenta obras de mais de 70 artistas

Exposições podem ser conferidas a partir desta sexta

  • Comentários
  • Correio do Povo

A 11ª Bienal de Artes Visuais do Mercosul apresenta obras de mais de 70 artistas a partir desta sexta-feira. Os trabalhos estarão expostos até o dia 03 de junho em museus e espaços culturais de Porto Alegre e de Pelotas, no Sul do Estado. Na Capital, abrigam o evento quatro espaços localizados no Centro Histórico e um no bairro Menino Deus: o Margs, o Memorial do RS, o Santander Cultural (todos na Praça da Alfândega), a Igreja Nossa Senhora das Dores (R. dos Andradas, 587) e a Comunidade Quilombola do Areal (Av. Luiz Guaranha, 2). Já em Pelotas, as atividades serão realizadas na Casa 6, que fica na Praça Coronel Pedro Osorio, nº 6.

Sob o título "O Triângulo Atlântico", a edição seria originalmente realizada no ano passado, mas precisou ser reagendada por falta de recursos. Apesar do intervalo maior, a Bienal do Mercosul agora está de volta e durante os próximos dois meses lançará um olhar sobre o triângulo e a ligação entre América, África e Europa. Artistas dos três continentes participam do evento, que tem curadoria do alemão Alfons Hug, com a adjunta Paula Borghi.

Entre as propostas da temática também está enfatizar a arte africana e afro-brasileira, conforme destacou o presidente da Fundação Bienal do Mercosul, Gilberto Schwartsmann, em entrevista ao Correio do Povo. “Este triângulo nos leva a mergulhar nos últimos cinco séculos de nossa existência, nas profundezas deste oceano e nesses deslocamentos, na busca de indícios na arte contemporânea sobre as matrizes formadoras da cultura brasileira”, finaliza.