Correio do Povo | Notícias | Cinemateca Capitólio recebe Festival É Tudo Verdade a partir desta quarta-feira

Porto Alegre

21ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

  • 02/05/2017
  • 15:31
  • Atualização: 15:48

Cinemateca Capitólio recebe Festival É Tudo Verdade a partir desta quarta-feira

Mostra itinerante exibe vencedores da competição e outras oito obras em sessões gratuitas

Filme gaúcho

Filme gaúcho "Cidades Fantasmas", de Tyrell Spencer, venceu a modalidade nacional e é um dos integrantes da mostra | Foto: Reprodução / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários, o mais importante do gênero na América Latina, realiza a partir desta quarta-feira, na Cinemateca Capitólio (Demétrio Ribeiro 1085), em Porto Alegre, sua itinerância com exibição dos vencedores das competições brasileira, latino-americana e internacional e uma seleção com oito títulos das diversas mostras de sua 22ª edição. As sessões são gratuitas e seguem até domingo, à tarde e à noite. As senhas de acesso estarão disponíveis na bilheteria do local uma hora antes das exibições.

Neste ano, o prêmio de Melhor Documentário de Longa ou Média-Metragem nacional ficou com o gaúcho "Cidades Fantasmas", de Tyrell Spencer. A produção da Casa de Cinema de Porto Alegre faz uma visita a quatro cidades sul-americanas que passaram por catástrofes e abandono, como a Villa Epecuén, na Argentina, atingida por uma inundação, e Armero, na Colômbia, onde a população foi dizimada pela erupção do vulcão Nevado del Ruiz. O prêmio latino-americano ficou com o chileno "Los Ninõs", cuja câmera segue um grupo de amigos com síndrome de Down, que há 40 anos vão para a mesma escola. Antes crianças, eles agora são adultos e devem lutar por um emprego, aprender a cuidar de si mesmos e fazer os seus 50 anos e ninguém se parece com algumas crianças.

O grande troféu internacional ficou com "Comunhão", de Anna Zamecka. O filme de estreia da polonese se tornou uma sensação em premiações cinematográficas. Na trama, Ola tem 14 anos e cuida de seu pai disfuncional, de um irmão autista e de uma mãe que vive separadamente; acima de tudo, ela tenta reunir a família. A Comunhão do irmão Nikodem é um pretexto para a família se encontrar. Ola é inteiramente responsável por preparar a celebração familiar perfeita. "Comunhão" revela a beleza dos rejeitados, a força dos fracos e a necessidade de mudança quando isso parece impossível. É um retrato trágico, em parte humorístico e até mesmo cautelosamente otimista de duas crianças deixadas completamente a sua própria sorte.

Além dos vencedores, a mostra também conta com a pré-estreia gaúcha de "Quem é Primavera das Neves", de Ana Luiza Azevedo e Jorge Furtado, em sessão aberta ao público. A programação ainda tem a pré-estreia no Rio Grande do Sul de "No Intenso Agora", de João Moreira Salles, que marca seu retorno ao cinema depois de 10 anos do lançamento de "Santiago". Da retrospectiva internacional do ano, "100: De Volta à URSS", será apresentado "O Poder de Solovkí", de Marina Goldovskaya. Criado em 1923 e ativo até 1939, Solovkí foi um dos primeiros campos de trabalhos forçados na URSS.

Confira a programação:

03 de maio (quarta)

20h - "Quem é Primavera das Neves", de Ana Luiza Azevedo e Jorge Furtado

04 de maio (quinta)

16h30min – "Eu, Um Negro", de Jean Rouch

18h – "Sal para a Svanécia", de Mikhail Kalatôzov

20h – "No Intenso Agora", de João Moreira Salles

05 de maio (sexta)

16h30min – "Perón, Mi Padre y Yo", de Eloy Martínez

18h – "Permanecer Vivo: Um Método", de Erik Lieshout

20h – "Cidades Fantasmas", de Tyrell Spencer

06 de maio (sábado)

16h30min – "Los Ninõs", de Maite Alberdi

18h –"Comunhão", de Anna Zamecka

20h – "Cidades Fantasmas", de Tyrell Spencer

07 de maio (domingo)

16h30 – "Abacus: Pequeno o Bastante para Condenar", de Steve James

18h – "Permanecer Vivo: Um Método", de Erik Lieshout

20h – "O Poder de Solovkí", de Marina Goldovskaya


TAGS » Filme, Variedades, Cinema