Correio do Povo | Notícias | Brett Ratner está fora de "Mulher-Maravilha 2"

Porto Alegre

33ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 13 de Novembro de 2018

  • 17/11/2017
  • 12:25
  • Atualização: 12:30

Brett Ratner está fora de "Mulher-Maravilha 2"

Informação foi confirmada por Gal Gadot

Brett Ratner recebeu seis acusações de assédio sexual | Foto: Jason Merritt / Getty Images / Divulgação / CP

Brett Ratner recebeu seis acusações de assédio sexual | Foto: Jason Merritt / Getty Images / Divulgação / CP

  • Comentários
  • AE

Gal Gadot confirmou, na quinta-feira, a saída do produtor Brett Ratner da sequência de "Mulher-Maravilha". Nesta semana, a continuação do longa de sucesso foi adiantada em seis semanas e agora deve estrear em 1º de novembro de 2019.

Em entrevista ao programa Today, a protagonista comentou a polêmica de que teria se negado a participar do filme, caso Ratner continuasse na produção. "Não escondo nada. A verdade é que há muitas coisas envolvidas. Não fui só eu. Todos tinham o mesmo sentimento. Entende? Todo mundo sabia que era o certo a ser feito. Não tinha nada para falar, porque já tinha sido feito antes mesmo de a notícia sair", explicou a atriz.

Brett Ratner recebeu seis acusações de assédio sexual. Além disso, em outubro, a atriz já havia cancelado sua participação em uma homenagem a Ratner no Tree of Life Award. Na ocasião, Gal Gadot foi escalada para entregar um prêmio para o diretor, mas recusou depois de Olivia Munn acusá-lo de assédio. Natasha Henstridge e Ellen Page reforçaram as denúncias contra o profissional.