Correio do Povo | Notícias | Gerbase apresenta o filme "Bio", com superelenco

Porto Alegre

31ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 23 de Janeiro de 2019

  • 25/08/2017
  • 14:55
  • Atualização: 15:08

Gerbase apresenta o filme "Bio", com superelenco

Narrativa sobre o personagem que viveu 101 anos é um falso documentário

Gerbase apresenta o filme

Gerbase apresenta o filme "Bio", com superelenco | Foto: Diego Vara / Pressphoto / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Adriana Androvandi

Na noite de quinta-feira, o filme exibido dentro da mostra competitiva de longas brasileiros do Festival de Cinema de Gramado foi o dirigido pelo cineasta gaúcho Carlos Gerbase, "Bio". Certamente, na sua apresentação antes da projeção, o diretor bateu o recorde de número de atores que subiram ao palco. Isso nada mais reflete do que a própria produção, onde trabalharam 40 atores, que se dividiram em takes-relatos para contar a história de um personagem de 101 anos que nunca aparece em cena.

Entre os atores participantes, estavam presentes Maitê Proença e Zé Victor Castiel, que falaram em nome do elenco. "Como as cenas foram gravadas separadamente, não nos cruzamos no set", explicou ela. Também estavam em Gramado, Bruno Torres, Carla Cassapo, Felipe De Paula, Felipe Kannenberg, Fernanda Carvalho Leite, Júlio Conte, Girley Paes, Léo Ferlauto, entre outros.

A narrativa sobre o personagem que viveu 101 anos, teve quatro famílias e fez descobertas científicas importantes é um falso documentário, que tem um roteiro tanto irônico como crítico, conforme as épocas vão passando cronologicamente na trama. É uma produção bastante criativa e diferente de tudo o que já foi feito na cinematografia gaúcha, com elogiável trabalho de montagem para Milton do Prado, entre os outros profissionais de primeira linha do cinema gaúcho que a Prana Filmes convocou para este filme.