Correio do Povo | Notícias | Três curtas do Brasil vão concorrer no Festival de Cinema de Berlim

Porto Alegre

22ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 19 de Julho de 2018

  • 09/01/2018
  • 17:16
  • Atualização: 17:43

Três curtas do Brasil vão concorrer no Festival de Cinema de Berlim

"Alma Bandida", "Terremoto Santo" e "Russa" disputam o Urso de Ouro da categoria

"Alma Bandida" fala sobre amores incompreendidos | Foto: Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Os curta-metragens brasileiros "Alma Bandida", "Russa" e "Terremoto Santo" estão estre os 22 selecionados para concorrer ao Urso de Ouro e de Prata da categoria na 68ª edição do Festival de Berlim, que começa em 15 de fevereiro. As produções, vindas de 18 países diferentes, fazem parte da mostra Berlinale Shorts, da qual também saíra o melhor curta europeu e ao Audi Short Film Award, no valor de 20 mil euros. "Os curtas da competição internacional deste ano visam a realidade nos olhos e contribuem ativamente para o discurso sociopolítico atual", disse a organização do evento em uma nota à imprensa.

"Diferentes estratégias de capacitação são levadas a cabo. Autodeterminadamente, os cineastas capturam pequenos momentos, histórias e tópicos locais e os conectam a eventos de grande impacto. Se os filmes são animados, documentários ou ficção - a experimentação é a ordem do dia. O elemento performativo faz parte da estratégia. As relações de gênero e as estruturas de poder ainda estão longe de ser iguais ou equilibradas, mas são objeto dessas obras", completa o comunicado. A seção "Berlinale Shorts" oferecerá também um programa especial dedicado ao 50° aniversário da Revolução de 1968 com 12 filmes da Alemanha, Áustria, Suécia e Estados Unidos que "mostram estratégias estéticas que ainda hoje seguem sendo atuais".

"Alma Bandida", de Marco Antônio Pereira, conta a história de Fael, que quer dar um presente para sua namorada enquanto sua personalide apaixonada se desperta pelas ruas da cidade. A produção foi gravada em Cordisburg, em Minas Gerais, juntamente com meninos locais acompanhados pelo diretor durante seis meses. Trata-se, conforme o cineasta, de uma produção sobre "a incompatibilidade das pessoas". "Terremoto Santo", de Bárbara Wagner em parceria com o artista alemão Benjamin de Burca, explora com poesia, e com uma direção de fotografia autêntica, a cultura evangélica no país. No filme, os adolescentes se apresentam - cantam, dançam e pregam - em ambientes externos, misturando o discurso religioso à natureza cheia de história da zona da mata pernambucana.

Já “Russa” é uma troca de experiências entre o português João Salaviza e o brasileiro das Minas Gerais Ricardo Alves Jr. Na trama, Russa volta ao Bairro do Aleixo no Porto, visitando a irmã e os amigos com quem celebra o aniversário do filho. Neste breve encontro, ela regressa à memória coletiva do local, onde três das cinco torres ainda se mantêm de pé. O júri internacional de curtas estará formado pelo cineasta português Diogo Costa Amarante, ganhador do Urso de Ouro de melhor curta-metragem na passada edição do Festival, o produtor americano Mark Toscano e a diretora e cientista sul-africana Jyoti Mistry.

Confira os selecionados para a Berlinale Shorts:

“After/Life”, Puck Lo, Estados Unidos, 15min

“Alma Bandida”, Marco Antônio Pereira, Brasil, 15min

“And What Is the Summer Saying”, Payal Kapadia, Índia, 23min

“Babylon”, Keith Deligero, Filipinas, 20min

“Besida”, Chuko Esiri, Nigéria, 12min – fora de competição

“Blau”, David Jansen, Alemanha, 15min

“Burkina Brandenburg Komplex”, Ulu Braun, Alemanha, 19min

“Circle”, Jayisha Patel, Grã-Bretanha / Índia / Canada, 14min

“City of Tales”, Arash Nassiri, França, 21min

“Coyote”, Lorenz Wunderle, Suíça, 10min

“Imfura”, Samuel Ishimwe, Suíça / Ruanda, 36min

“Imperial Valley (Cultivated Run-Off)”, Lukas Marxt, Alemanha / Áustria, 14min

“Des jeunes filles disparaissent”, Clément Pinteaux, França, 16min

“Madness”, João Viana, Moçambique / Guiné Bissau / Catar / Portugal / França, 13min

“The Men Behind the Wal”l, Ines Moldavsky, Israel, 28min

“Onde o Verão Vai (episódios da juventude)”, David Pinheiro Vicente, Portugal, 20min

“Russa”, João Salaviza & Ricardo Alves Jr., Portugal / Brasil, 20min

“The Shadow of Utopia”, Antoinette Zwirchmayr, Áustria, 23min – fora de competição

“Solar Walk”, Réka Bucsi, Dinamarca, 21min

“Terremoto Santo”, Bárbara Wagner & Benjamin de Burca, Brasil, 20min

“Le Tigre de Tasmanie”, Vergine Keaton, França, 14min

“T.R.A.P”, Manque La Banca, Argentina, 16min

“While I Yet Live”, Maris Curran, Estados Unidos, 15min

“Wishing Well”, Sylvia Schedelbauer, Alemanha, 13min

Assista ao trailer de "Alma Bandida":

Assista ao teaser de "Terremoto Santo":