Correio do Povo | Notícias | Oscar 2018 tem a pior audiência da história

Porto Alegre

11ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 20 de Junho de 2018

  • 05/03/2018
  • 16:13
  • Atualização: 16:38

Oscar 2018 tem a pior audiência da história

Pela primeira vez, cerimônia ficou abaixo dos 20 pontos de audiência, com apenas 18,9

Pelo segundo ano consecutivo, Jimmy Kimmel foi o anfitrião | Foto: Kevin Winte  / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP / CP

Pelo segundo ano consecutivo, Jimmy Kimmel foi o anfitrião | Foto: Kevin Winte / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP e Correio do Povo

O Oscar 2018 foi o menos assistido da história. Os primeiros dados da Nielsen sobre a 90ª edição do prêmio da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas indicam que a transmissão marcou apenas 18,9 pontos de audiência. O número equivalente a aproximadamente 23 milhões de espectadores e é 16% menor do que o registrado no ano passado, quando alcançou a marca de 22,4 pontos de audiência. Além da láurea do cinema, o Globo de Ouro, o Grammy e o Super Bowl também tiveram público mais baixo do que em 2017.

A cerimônia do Oscar neste ano foi a mais longa desde 2007, com 3h50min de duração, embora o anfitrião Jimmy Kimmel tenha sido louvado por manter os procedimentos que fluíram bem em seu segundo ano consecutivo apresentando. Contudo, especialistas enfatizam que as classificações preliminares não são ajustadas para as diferenças de fuso horário existentes nos Estados Unidos, o que significa que a audiência da costa oeste não se reflete com precisão nos números noturnos, pois medem apenas o horário nobre.

Stephen Battaglio, autor de três livros sobre televisão, especulou no Los Angeles Times que os telespectadores podem ficar cansados de discursos dos movimentos #MeToo e Time's Up contra o assédio sexual e a desigualdade de gênero na indústria do entretenimento. "A atriz principal vencedora, Frances McDormand, liderou um tributo, de outra forma emocional, às outras mulheres nomeadas com o termo ‘cláusula de inclusão’. Foi uma das cenas mais controversas, pois enquanto uns amaram, outros odiaram”, analisou.


TAGS » Cinema, Variedades, Oscar