Correio do Povo | Notícias | Disney aumenta oferta pela Fox para combater a Comcast

Porto Alegre

22ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 25 de Setembro de 2018

  • 20/06/2018
  • 12:59
  • Atualização: 14:29

Disney aumenta oferta pela Fox para combater a Comcast

Valor subiu para 71,3 bilhões de dólares, metade em efetivo e a outra metade em ações

Disney aumenta oferta pela Fox para combater a Comcast | Foto: Spencer Platt / Getty Images North America / AFP / CP

Disney aumenta oferta pela Fox para combater a Comcast | Foto: Spencer Platt / Getty Images North America / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

A Walt Disney Co. anunciou nesta quarta-feira que subiu sua oferta pelo grupo 21st Century Fox, situando-a em 71,3 bilhões de dólares, metade em efetivo e a outra metade em ações. Esta oferta, que equivale a 38 dólares por ação, chega depois da que a Comcast fez na semana passada, de 65 bilhões de dólares, tudo em efetivo, pelos ativos de cinema e televisão do grupo de Rupert Murdoch.

Conforme a Disney, um contrato de aquisição foi assinado com a Fox com os novos termos, melhorando a oferta original da empresa, feita em dezembro. "A aquisição da 21st Century Fox trará um valor financeiro significativo para os acionistas das duas empresas e, após seis meses de planejamento de integração, estamos ainda mais entusiasmados e confiantes na adequação estratégica dos ativos e do talento da Fox", disse que diretor executivo da Disney, Robert Iger.

As ações da Fox subiram 7,1% em meio à expectativa de que a Comcast possa voltar com uma oferta ainda maior. Já as ações da Disney cresceram 1,1%, enquanto as da Comcast tiveram 1,9% e aumento.

A Disney disse que o valor dos ativos - que incluem as produtoras de televisão responsáveis pelos "Simpsons" e "Modern Family", bem como os negócios de produção de filmes - aumentou em comparação com dezembro devido à reforma tributária e melhorias operacionais. Na venda, está incluída a participação de 39% da Fox na operadora britânica de TV por assinatura Sky. Murdoch buscou o controle total da Sky, mas enfrentou oposição de reguladores na Grã-Bretanha.

O acordo também daria à Disney uma participação majoritária no Hulu, a plataforma online criada por grupos de mídia para desafiar a Netflix e a Amazon. A Comcast e a Disney possuem 30% de participação no Hulu e a Time Warner detém 10%.

Iger disse que a transação aumentaria a capacidade da Disney de "criar conteúdo de alta qualidade mais atraente, expandir nossas ofertas diretas ao consumidor e nossa presença internacional e oferecer experiências de entretenimento mais personalizadas e atraentes para atender à crescente demanda do consumidor em todo o mundo".