Correio do Povo | Notícias | Exposição reúne nomes reconhecidos da fotografia no Viaduto Otávio Rocha

Porto Alegre

21ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 19 de Janeiro de 2019

  • 10/11/2018
  • 22:25
  • Atualização: 22:26

Exposição reúne nomes reconhecidos da fotografia no Viaduto Otávio Rocha

Mostra dividida em 14 painéis foi inaugurada neste sábado

Street Expo Photo foi inaugurada no Viaduto Otávio Rocha | Foto: Fabiano do Amaral

Street Expo Photo foi inaugurada no Viaduto Otávio Rocha | Foto: Fabiano do Amaral

  • Comentários
  • Henrique Massaro

O trabalho de nomes reconhecidos da fotografia como os brasileiros Walter Firmo e Gal Oppido, e os portugueses Fidalgo Marins e JP Martins, lado a lado com o olhar sensível de amadores está disponível para a população da Capital até o dia 10 de dezembro. Divididas em 14 painéis, 208 imagens com temática urbana estão expostas um dos principais pontos da urbe porto-alegrense: o Viaduto Otávio Rocha da avenida Borges de Medeiros, no Centro Histórico. Ao todo, a Street Expo Photo, que exibe as fotos de 92 fotógrafos, foi inaugurada neste sábado.

O organizador e curador é o fotógrafo e publicitário Marcos Monteiro, que, em 2016, realizou exposição semelhante. A Mosaicografia exibiu 20 painéis de 2 metros no Largo Glênio Peres e, desde então, o idealizador planejou começou a planejar um novo evento. “Vi essa parede e me encantei com ela”, contou Monteiro, ao se referir ao local onde estão instaladas as fotografias da Street Expo Photo. O espaço, junto à escadaria Verão do Viaduto Otávio Rocha, é pertencente a um edifício, que autorizou a mostra.

Natural de Bagé, o curador tem uma trajetória de 30 anos na publicidade e, em 2016, criou o projeto Chapéu Acústico, realizado todas as terças-feiras na Biblioteca Pública do Estado. De acordo com Monteiro, a exposição do viaduto da Borges de Medeiros também conta com o trabalho de fotógrafos como Luís Mendonça e outros de Portugal, e Waldemir Cunha e Roberto Farias, do Brasil. Os nomes foram garantidos pela co-curadoria do também fotógrafo Marcos Varanda. Paulistano, ele conta com uma trajetória como empreendedor e incentivador cultural.