Correio do Povo | Notícias | Filha de Paul Walker processa Porsche por negligência

Porto Alegre

23ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 18 de Novembro de 2018

  • 29/09/2015
  • 09:32
  • Atualização: 10:04

Filha de Paul Walker processa Porsche por negligência

Adolescente alegou que falhas provocaram a morte do astro de "Velozes e Furiosos"

Filha de Paul Walker processa a Porsche | Foto: Facebook / Reprodução / CP

Filha de Paul Walker processa a Porsche | Foto: Facebook / Reprodução / CP

  • Comentários
  • AFP

A filha adolescente do astro de "Velozes e Furiosos", Paul Walker, apresentou uma demanda contra a Porsche por homicídio por negligência, alegando que as falhas nos sistemas de segurança provocaram a morte do ator em um acidente, informa a imprensa.

Astro de "Velozes & Furiosos" morre em acidente de carro nos EUA

Walker faleceu aos 40 anos, em novembro de 2013, quando o Porsche Carrera GT de 2005 conduzido por seu amigo e assessor financeiro Roger Rodas, que também morreu, se chocou contra uma árvore perto de Los Angeles e pegou fogo. Os investigadores concluíram na época que Rodas dirigia a uma "velocidade perigosa, de aproximadamente 100 milhas por hora (160 km/h)", o que fez com que perdesse o controle do veículo.

A filha do ator, Meadow Walker, de 16 anos, alega, no entanto, na demanda apresentada nessa segunda-feira que a montadora alemã sabia que o Carrera GT tinha problemas de instabilidade, mas não acrescentou um sistema de controle para corrigir o problema, informa o jornal Los Angeles Times.

A demanda também sustenta que o cinto de segurança do automóvel estava instalado de tal forma que quando o veículo se quebrou pelo impacto, a parte do ombro do cinto foi puxada pelo compartimento do motor traseiro, enquanto a parte do assento permaneceu em seu lugar.

Isso teria impulsionado para trás o tronco de Walker com enorme força, "quebrando suas costelas e a pélvis, esmagando seu assento e prendendo-o em uma posição supina na qual permaneceu vivo até que o veículo explodiu em chamas um minuto e 20 segundos depois", alega a demanda, segundo o jornal.

O jornal citou o advogado de Meadow Walker, Jeff Millam, que indicou que ela não comentará a ação. "É uma adolescente que ainda está lidando com a trágica perda de seu pai", indicou.  "A conclusão é que o Porsche Carrera GT é um automóvel perigoso. Não deve estar nas ruas". Paul Walker era um dos protagonistas da série de filmes "Velozes e Furiosos".