Porto Alegre

25ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018

  • 13/01/2018
  • 18:13
  • Atualização: 18:33

Após polêmica salarial, Mark Wahlberg doa cachê de refilmagem ao Time's Up

Ator recebeu 1,5 mil vezes mais do que Michelle Williams para voltar a gravar "Todo o dinheiro do mundo"

Contribuição à campanha foi feita em nome da colega de elenco | Foto: Divulgação / CP

Contribuição à campanha foi feita em nome da colega de elenco | Foto: Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

As notícias de que Mark Wahlberg ganhou 1,5 mil vezes mais do que sua colega Michelle Williams para voltar a filmar "Todo o dinheiro do mundo" causaram uma grande revolta em Hollywood. Em resposta, o ator resolveu doar os 1,5 milhão de dólares recibos para as regravações ao movimento Time's Up, enquanto sua agência, a William Morris Endeavor (WME), fará uma contribuição de 500 mil dólares à campanha. "Nos últimos dias, o meu pagamento tornou-se um tópico importante de conversa. Apoio a 100% a luta pelos salários justos e vou doar 1,5 milhões de dólares ao fundo Time's Up Legal Defence Fund em nome de Michelle Williams", disse o norte-americano em um comunicado.

"A conversa atual é um lembrete de que aqueles de nós em uma posição de influência têm a responsabilidade de desafiar as desigualdades, incluindo a diferença salarial de gênero", informou a WME em uma nota. "Reconhecendo a discrepância salarial em todo o dinheiro no mundo, a WME está doando 500 mil dólares adicionais, de acordo com o nome de Michelle Williams, após a promessa de um milhão para a organização no início deste mês. É crucial que esse debate continue dentro da nossa comunidade e estamos empenhados em fazer parte da solução", completou.

O diretor Ridley Scott voltou a rodar parcialmente seu último filme depois que Kevin Spacey, que o protagonizava, foi demitido após acusações de conduta sexual inapropriada. Wahlberg e Williams foram convocados para repetir as cenas com o substituto de Spacey, Christopher Plummer. Entretanto, de acordo com o USA Today, Williams ganhou por seu trabalho uma remuneração diária de 80 dólares, uma quantidade que no total não chega a 1 mil dólares e que representa menos de 0,07% dos 1,5 milhão que Wahlberg recebeu.