Correio do Povo | Notícias | Multipalco do Theatro São Pedro deve receber o nome de Eva Sopher

Porto Alegre

10ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 25 de Maio de 2018

  • 08/02/2018
  • 17:53
  • Atualização: 18:03

Multipalco do Theatro São Pedro deve receber o nome de Eva Sopher

Governo do Estado anunciou que vai encaminhar proposta para rebatizar o espaço "em momento oportuno"

Dona Eva comandava a Fundação Theatro São Pedro desde 1982 | Foto: Sandro Lupatini / Palácio Piratini / Divulgação

Dona Eva comandava a Fundação Theatro São Pedro desde 1982 | Foto: Sandro Lupatini / Palácio Piratini / Divulgação

  • Comentários
  • Correio do Povo

O Multipalco do Theatro São Pedro deve ser rebatizado com a inclusão do nome Eva Sopher, presidente da Fundação mantenedora do centro cultural, que morreu na quarta-feira, aos 94 anos, em decorrência de falência múltipla de órgãos e parada cardiorrespiratória. O governo do Rio Grande do Sul anunciou na tarde desta quinta que, em parceria com a Associação Amigos do Theatro São Pedro (AATSP) e familiares de Dona Eva, vai encaminhar a proposta "em momento oportuno, após os atos fúnebres". 

• Autoridades e classe artística se despedem de Eva Sopher no Theatro São Pedro

A iniciativa de designar para o espaço o nome da alemã radicada no Brasil foi comunicada pelo governador José Ivo Sartori, que mais cedo decretara luto oficial de três dias. A decisão foi tomada em função do reconhecimento da população à memória de Eva e ao legado de mais de 40 anos que ela deixou, tanto na reconstrução quanto na preservação da instituição que comandava. Ela foi convidada a assumir, em 1975, a coordenação das obras de reconstrução do local. Em 1982, quando foi criada a Fundação Theatro São Pedro, Dona Eva passou a responder por sua presidência.

Conforme o presidente da AATSP, José Roberto Diniz de Moraes, a resolução vem ao encontro dos anseios de toda a comunidade artística. "Não há outro nome que não seja o dela, que reconstruiu o Theatro São Pedro. O próprio conselho já acalentava essa ideia e agora é motivo de satisfação ver a proposição do governo, por meio da Secretaria da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer", afirmou em um comunicado. Já o secretário da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, Victor Hugo, comentou que esta é uma homenagem para eternizar o nome de Eva Sopher de forma definitiva.