Correio do Povo | Notícias | Maria Carpi é a patrona da 64ª Feira do Livro de Porto Alegre

Porto Alegre

24ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018

  • 18/10/2018
  • 20:02
  • Atualização: 06:14

Maria Carpi é a patrona da 64ª Feira do Livro de Porto Alegre

Evento ocorre entre os dias 1º e 18 de novembro, na Praça da Alfândega

Maria Carpi é a patrona da 64ª Feira do Livro de Porto Alegre | Foto: Fabiano do Amaral

Maria Carpi é a patrona da 64ª Feira do Livro de Porto Alegre | Foto: Fabiano do Amaral

  • Comentários
  • Correio do Povo

A 64ª Feira do Livro de Porto Alegre já tem sua patrona. Na noite desta quinta-feira, em evento com a imprensa, autoridades, convidados e patrocinadores, a poetisa Maria Carpi foi anunciada como detentora do posto em 2018. Ela concorreu ao lado de Caio Riter, Celso Gutfreind, Claudia Tajes e Leticia Wierzchowski. A Feira do Livro de Porto Alegre, a maior da América Latina a céu aberto, começa no dia 1º de novembro e vai até o dia 18.

Logo após ser anunciada, Maria Carpi exaltou a poesia: "Assim como a poesia esperou por mim, este ofício de ser patrono esperou por mim." Ela declarou que vai pedir ajuda aos outros patronáveis para poder andar pela praça e falar com os leitores. 

Natural de Guaporé, Maria Carpi estreou na literatura em 1990, com "Nos gerais da dor". Uma das escritoras mais respeitadas da poesia contemporânea brasileira, ela recebeu o reconhecimento da crítica através de diversos prêmios e distinções, entre eles a Menção Honrosa no Casa de las Américas em 1999, em Cuba; o Revelação da Associação Paulista dos Críticos de Arte em 1990, e o Erico Verissimo em 1991, por "Desiderium Desideravi".

Autora também de "O perdão imperdoável" e "A migalha e a fome", Carpi venceu quatro vezes do Prêmio Açorianos de Literatura, na categoria Poesia. Ainda foi premiada pela Associação Gaúcha dos Escritores - Livro do Ano, categoria Poesia - em 2004, 2006 e 2007.