Correio do Povo | Notícias | Penguin Random House assume controle da Companhia das Letras

Porto Alegre

24ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 11 de Dezembro de 2018

  • 30/10/2018
  • 20:14
  • Atualização: 20:46

Penguin Random House assume controle da Companhia das Letras

Movimentação era prevista e estava sendo conversada desde início do ano

  • Comentários
  • AE

Maior grupo editorial do mundo, a Penguin Random House assumiu o controle majoritário do grupo Companhia das Letras. Ela possuía 45% da empresa desde 2012 - e, por contrato, tinha a opção de compra em 2016 e adiada, depois, para 2018. Com as mudanças anunciadas nesta terça, ela passa a ter 70% da casa fundada por Luiz Schwarcz em 1986, que diminui sua participação de 36,5% para 30%.

A família Moreira Salles, dona de 18,5% da editora, deixa o negócio. A movimentação já era prevista e estava sendo conversada desde o início do ano. "O fato de a Penguin Random House querer manter a opção de compra da editora na situação que o Brasil está vivendo é inacreditável. Um bom sinal de otimismo", diz Schwarcz, que segue como CEO do grupo. Lilia Schwarcz também segue no posto de diretora.

Do ponto de vista editorial não muda nada, diz Schwarcz. Até porque a editora já mudou muito: hoje, são 16 selos com livros para todos os tipos de leitores. As mudanças, acredita, serão mais nas áreas administrativas e tecnológicas - para estar de acordo com os sistemas da matriz.