Correio do Povo | Notícias | Arquivos de Proust alcançam 750 mil euros em leilão em Paris

Porto Alegre

26ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 14 de Novembro de 2018

  • 25/05/2018
  • 07:44
  • Atualização: 08:29

Arquivos de Proust alcançam 750 mil euros em leilão em Paris

Retrato do escritor foi o item mais disputado

Arquivos de Proust alcançam 750 mil euros em leilão em Paris  | Foto: Reprodução / Sotheby's / CP

Arquivos de Proust alcançam 750 mil euros em leilão em Paris | Foto: Reprodução / Sotheby's / CP

  • Comentários
  • AFP

Arquivos que pertenceram ao escritor francês Marcel Proust e leiloados a vários compradores na noite desta quinta-feira, em Paris, alcançaram os 750 mil euros, anunciou a casa Sotheby's em um comunicado. O leilão mais alto correspondeu a um dos primeiros rascunhos de uma das passagens mais bonitas de "No caminho de Swann", arrematado por 132.500 euros, apesar de estar estimado entre 30 mil e 50 mil euros.

Um dos lotes mais disputados foi o retrato a lápis de Marcel Proust (1871-1922) em seu leito de morte, obra de Jean-Bernard Eschemann, que alcançou 45 mil euros, embora seu valor fosse estimado entre 1 mil e 1.500 euros. Um lote de folhas de prova de "À sombra das raparigas em flor", estimado entre 15 mil e 20 mil euros, foi vendido por 62.500 euros. Ao contrário, o conjunto de 138 cartas de Gaston Gallimard para Marcel Proust, estimado entre 100 mil e 150 mil euros, foi arrematado por 93.750 euros.

No total, foram leiloados em 70 lotes procedentes da coleção de Marie-Claude Mante, sobrinha-neta do autor de "Em busca do tempo perdido". A Sotheby's também vendeu outras obras de escritores e artistas. O leilão mais caro foi de um dos livros mais brilhantes do pintor Marc Chagall, "Daphnis & Chloé", que inclui 42 litografias originais. O lote, estimado entre 80 mil e 120 mil euros, encontrou comprador por 140 mil euros.