Correio do Povo | Notícias | Vídeo mais assistido do YouTube, clipe de "Despacito" sofre ação de hackers

Porto Alegre

12ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 21 de Julho de 2018

  • 10/04/2018
  • 14:29
  • Atualização: 15:12

Vídeo mais assistido do YouTube, clipe de "Despacito" sofre ação de hackers

Conteúdo chegou a ficar fora do ar nesta terça-feira

Vídeo mais assistido do YouTube, clipe de

Vídeo mais assistido do YouTube, clipe de "Despacito" sofre ação de hackers | Foto: Divulgação / CP

  • Comentários
  • AFP e Correio do Povo

Alguns dos videoclipes mais populares do YouTube, incluindo o mega-hit "Despacito", saíram do ar momentaneamente nesta terça-feira em uma aparente ação de hackers. No caso do sucesso de Luis Fonsi e Daddy Yankee, o vídeo mais assistido de todos os tempos com cinco bilhões de visualizações, o link para ver e ouvir a música encaminhava o usuário para uma mensagem que dizia que as imagens haviam sido removidas - e em seu lugar foi colocada uma cena da série espanhola "La Casa de Papel".

Além de "Despacito", quem procurava vídeos de artistas como Drake, Katy Perry e Taylor Swift também se deparava com conteúdo alterado, incluindo mensagens como "Palestina livre". Em todos os clipes também foi inserida uma assinatura dos hackers, que se identificaram como Prosox e Kuroi'SH.

O YouTube disse que o problema está no Vevo, e não o próprio YouTube. "Depois de ver uma atividade de upload incomum em vários canais da Vevo, trabalhamos rapidamente com nosso parceiro para desativar o acesso enquanto eles investigam o problema", disse um porta-voz do YouTube. 

O Vevo, que publicou todos os vídeos hackeados, confirmou uma violação de segurança, que já teria sido contida. "Estamos trabalhando para restabelecer todos os vídeos afetados e nosso catálogo ser restaurado para o pleno funcionamento. Continuamos a investigar a fonte da violação", anunciou em um comunicado.