Porto Alegre

27ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 24 de Novembro de 2017

  • 17/01/2016
  • 15:36
  • Atualização: 15:55

Pelotas terá 12 dias recheados de música a partir desta segunda

O 6º Festival Internacional Sesc de Música terá 50 espetáculos, 21 cursos e mais de 450 músicos de 17 países

Orquestra da Ulbra faz a abertura nesta segunda às 20h30min, no Theatro Guarany | Foto: Nathan Carvalho / Divulgação / CP

Orquestra da Ulbra faz a abertura nesta segunda às 20h30min, no Theatro Guarany | Foto: Nathan Carvalho / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Luiz Gonzaga Lopes

Pelo sexto ano consecutivo, todo os sons da música instrumental, do clássico ao choro, vão fazer parte da paisagem de Pelotas durante 12 dias.

Começa nesta segunda o 6º Festival Internacional Sesc de Música, que terá, até o dia 29, intensa programação musical com apresentação de 50 espetáculos, entre concertos e apresentações gratuitos, além de 21 cursos ministrados por professores de 13 nacionalidades, num total de mais de 450 profissionais da música, professores e alunos, de 17 países.

Conforme o gerente de música do Sesc/RS, Anderson Mueller, o evento tem a proposta de de incentivar o desenvolvimento da produção musical, fomentar o intercâmbio e o desfrute de bens culturais. A abertura oficial se dará às 20h30min, no Theatro Guarany, com um concerto da Orquestra da Ulbra, regida por Tiago Flores, tendo como solista o violinista gaúcho radicado nos EUA, Carmelo de Los Santos.

Haverá transmissão online pelo site do Sesc/RS. Antes, às 17h30min, haverá o Cortejo Musical, saindo do Guarany, passando pelo Calçadão e encerrando no Mercado Público. "Sempre nos perguntam qual a novidade a cada ano, a novidade é o festival estar se mantendo em meio à crise com uma variedade e qualidade de docentes e concertos", afirma Mueller.

Para o coordenador de Música do Sesc/RS, um diferencial é que poucos festivais dão bolsas integrais para a maior parte dos alunos. "Serão 260 alunos e 220 têm bolsas integrais, com direto à transporte, alimentação e hospedagem em hotéis. É o mesmo tratamento dado aos músicos convidados. Os outros 40 alunos têm bolsas parciais ficando em alojamentos. Um distintivo do festival é a qualidade de recepção aos participantes", afirma Mueller.

As classes estão divididas em Música de Concerto: violino, viola, violoncelo, contrabaixo, flauta, oboé, clarinete, fagote, trompa, trompete, trombone, trombone baixo, tuba, harpa, percussão, violão clássico, piano, canto lírico e composição.

Sobre as atrações, o coordenador do evento ressalta a presença de músicos internacionais que compõem o elenco dos recitais diários de professores, às 19h,na Bibliotheca Pública Pelotense, como os alemães Wally Hasen (Flauta), Chistoph Hartmann (Oboé) e Andrej Zust (Trompa) e os americanos Anthony Plog (Trompete) e Peter Ellefson (Trombone Tenor). "Teremos também a apresentação de “A História do Soldado”, de Stravinsky, com o músico Hique Gomez sendo o ator/narrador e regência de Evandro Matté.

Teremos pela primeira vez no festival a Orquestra Sinfônica de Carazinho – OSINCA, interpretando “As Quatro Estações”, de Vivaldi, com a participação do violinista italiano Emmanuele Baldini, além do Expresso 25 e Quinteto Porto Alegre, que fará apresentações do Festival na Comunidade, em locais como a Praia do Laranjal e Colônia Z-3.  Na segunda semana, vamos apresentar os recitais de alunos e concerto da Orquestra Acadêmica. Enfim, sem querer cair no clichê, mas Pelotas vai respirar música durante 12 dias", finaliza Mueller.

O concerto de encerramento será dia 29, às 20h30min, no Largo do Mercado Público, com a Orquestra Acadêmica do Festival. 

Ingressos 

Os ingressos gratuitos ou trocados por um quilo de alimento serão distribuídos no Theatro Guarany (Lobo da Costa, 489)

Horários: De segunda a sexta, das 9h às 12h e das 13h30 às 18h30.

18/01 - retirada de ingressos para espetáculos de 18 e 19/01;

18, 19 e 20, 21, e 22/01 - retirada de ingressos para espetáculos de 20 e 24/01;

23, 24 e 25/01 - retirada de ingressos para espetáculos de 25 e 26/01;

Dias 25, 26, e 27/01 - retirada de ingressos na bilheteria do Theatro Guarany para os espetáculos de 27 e 28/01.