Correio do Povo | Notícias | Leilão da coleção de arte de Bowie alcança mais de 40 milhões de dólares

Porto Alegre

33ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 13 de Novembro de 2018

  • 12/11/2016
  • 16:13
  • Atualização: 16:14

Leilão da coleção de arte de Bowie alcança mais de 40 milhões de dólares

No total, foram vendidas 356 peças

O total das vendas fará parte do inventário que beneficiará os herdeiros de Bowie | Foto: Daniel Leal-Olivas / AFP / CP

O total das vendas fará parte do inventário que beneficiará os herdeiros de Bowie | Foto: Daniel Leal-Olivas / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O leilão da coleção de arte do cantor britânico David Bowie, com peças assinadas por Jean-Michel Basquiat ou Damien Hirst, foi um sucesso e alcançou 33 milhões de libras (41,5 milhões de dólares) em Londres, anunciou o leiloeiro Sotheby's. Mais de 1.750 pessoas assistiram às três sessões organizadas na quinta e sexta-feira e que foram acompanhadas online por mais de 26 mil internautas.

Antes do leilão, 51.470 pessoas visitaram, entre julho e novembro, a exposição consagrada ao catálogo, um verdadeiro recorde para esse tipo de acontecimento em Londres. No total, 356 peças foram vendidas.

O recorde foi alcançado por "Air Power" (1984), um quadro do nova-iorquino Jean-Michel Basquiat, que obteve 7,09 milhões de libras, quando era avaliado entre 2,5 e 3,5 milhões de libras. O total das vendas fará parte do inventário que beneficiará os herdeiros de Bowie, que morreu em janeiro passado, aos 69 anos.