Porto Alegre

27ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 21 de Janeiro de 2018

  • 28/12/2017
  • 17:12
  • Atualização: 17:36

Solange Knowles cancela show na África e revela doença no sistema nervoso

Artista de 31 anos disse que realiza tratamento para disautonomia há cinco meses

Ela ganhou o Grammy Award de Melhor Performance de R&B em 2017 por

Ela ganhou o Grammy Award de Melhor Performance de R&B em 2017 por "Cranes in the Sky" | Foto: Instagram / Reprodução / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

A cantora de R&B experimental Solange Knowles revelou uma luta com uma disfunção autonômica após cancelar um show no festival AfroPunk, na África do Sul. A irmã mais nova da superstar Beyoncé escreveu em uma postagem no Instagram que os médicos aconselharam-na a não viajar por causa de um diagnóstico de disautonomia, um transtorno no sistema nervoso que pode ter efeitos em várias funções involuntárias do corpo, como batimentos cardíacos, pressão sanguínea e temperatura corporal.

"Escrevi, excluí e reescrevi isso umas cinco vezes ... Ainda não tenho certeza do que exatamente ou o quanto quero compartilhar... No entanto, é muito importante para mim que as pessoas na África do Sul, um lugar que tem um tremendo significado para mim e que me deu muito, saibam por que não vou me apresentar no Afro Punk nesta véspera de Ano Novo", disse a artista de 31 anos no início do post. "Nos últimos cinco meses, tenho tratado silenciosamente e lidado com um transtorno autonômico. Tem sido uma jornada nada fácil para mim ... Às vezes eu me sinto bem, e outras vezes não tão bem", comentou.

"É um diagnóstico complicado, e ainda estou aprendendo muito, mas agora meus médicos não estão me liberando para uma longa viagem para fazer um show rigoroso logo depois. Não consigo dizer o quão triste e o quanto sinto muito por não conseguir tocar para vocês neste Réveillon, simplesmente não há outro lugar que eu desejei estar com minha família para entrar em 2018 com vocês", analisou. Contudo, ela prometou que irá para o país em outra oportunidade, porque "é extremamente importante para mim me conectar com pessoas que me inspiraram de tantas maneiras". "Eu não posso agradecer ao Afro Punk o suficiente por seu apoio e a todos os outros festivais no verão / outono passado, que souberam da minha saúde, mantiveram sua confidencialidade e saíram do meu caminho para que eu me sentisse apoiada.

"Como parte do autocuidado que eu tentei encorajar no ano passado, ele precisa começar comigo mesmo e estou ansiosa para fazer um trabalho melhor em 2018. O ano passado foi um dos mais gratificantes da minha vida ... Trocar energia com vocês tem sido surpreendente e estou tão entusiasmada para continuar a fazer o trabalho que me sinto absolutamente humilde e apreciativa por fazer no ano que vem. Isso me dá vida", finalizou.


 

Wrote, deleted and re wrote this like 5 times... Still not sure what exactly or how much I want to share... However it’s so important to me for the people in South Africa, a place that has tremendous meaning to me and that has given me SO SO MUCH, to know why I won’t be performing at Afro Punk this NYE. The past five months I have been quietly treating, and working through an Autonomic Disorder. It been a journey that hasn’t been easy on me... Sometimes I feel cool, and other times not so cool at all. It’s a complicated diagnoses , and I’m still learning so much myself, but right now, my doctors are not clearing me for such an extended lengthy flight, and doing a rigorous show right after. I can’t put into words how saddened and sorry I am that I am unable to perform for you guys this NYE, there is simply no other place I wanted to be than there with my family to bring in 2018 with you.......but I give you my ABSOLUTE WORD I will come back with AfroPunk and deliver this performance.....as it is so extremely important to me to connect with the people who have so closely inspired me in so many ways. I can’t thank Afro Punk enough for their support, and to all of the other festivals this past summer/fall who have known about my health, kept it confidential, and gone out of their way to make me feel supported while doing these shows. As a part of the self care that I’ve tried to encourage this past year, it needs to start with myself, and I’m looking forward to doing a better job of this 2018. This past year has been one of the most fulfilling of my life... Performing this record and experiencing the energy exchange with you guys has been astounding, and I’m so excited about continuing to do the work I feel so absolutely humbled and appreciative to be doing next year. It gives me life.

Uma publicação compartilhada por Solange (@saintrecords) em