Correio do Povo | Notícias | Novo álbum póstumo de Prince apresenta clássicos com o cantor ao piano

Porto Alegre

21ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 23 de Outubro de 2018

  • 19/09/2018
  • 08:42
  • Atualização: 09:09

Novo álbum póstumo de Prince apresenta clássicos com o cantor ao piano

Lançamento em CD, vinil e digital será realizado nesta sexta-feira

Gravação foi feita na casa do cantor no início da década de 80 | Foto: Bertrand Guay / AFP / CP

Gravação foi feita na casa do cantor no início da década de 80 | Foto: Bertrand Guay / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

Os fãs de Prince, que esperam escutar sua habitual guitarra cheia de efeitos, podem se surpreender com um dos primeiros álbuns oficiais lançados desde a sua morte, no qual ele toca piano em ritmo de jazz. Piano & A Microphone 1983 traz Prince simplesmente improvisando em frente a um piano, cantando Purple Rain e outras canções numa gravação única feita num estúdio em sua casa, há 35 anos. A Warner Bros. Records vai lançá-la em formatos de CD, vinil e digital nesta sexta-feira. Em uma fita cassete, a gravação de 35 minutos volta ao ponto de partida da música de Prince, segundo Try Carter, assessor do patrimônio do artista.

Prince estava no meio da turnê Piano & A Microphone quando, aos 57 anos, morreu de uma overdose acidental de fentanil em sua casa-estúdio Paisley Park, no Estado norte-americano de Minnesota, em 21 de abril de 2016, uma semana depois de fazer um show em Atlanta. "Foi alucinante ouvir essa interpretação crua e simples", lembrou Carter.

"Senti que o passo correto a se seguir era permitir que o mundo ouvisse essa versão." Ele a qualifica como uma "sessão de improviso", voltada aos amantes de música, e não a fanáticos.

Exceto por alguns trechos, a gravação soa limpa e é apresentada do começo ao fim como Prince a gravou em sua casa em Chanhassen, Minnesota, que hoje está demolida, anos antes de seu bem-sucedido filme e trilha sonora de 1984, Purple Rain. Prince apresenta 17 Days, lado B do sucesso When Doves Cry, uma rápida Purple Rain, que se tornaria seu clássico da guitarra; A Case of You, de Joni Mitchell, International Lover de seu disco de 1982, 1999 e Strange Relationship, que não lançou oficialmente até seu álbum de 1987, Sign 'O' The Times. Ele improvisa riffs e recorre ao piano enquanto canta com sua voz forte e clara.