Correio do Povo | Notícias | Grupo Cerco celebra 10 anos de trajetória com apresentações no Theatro São Pedro

Porto Alegre

27ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 14 de Dezembro de 2018

  • 22/11/2018
  • 15:17
  • Atualização: 16:48

Grupo Cerco celebra 10 anos de trajetória com apresentações no Theatro São Pedro

Quatro espetáculos serão encenados no espaço cultural nos próximos dias

Montagem

Montagem "Incidente em Antares" será apresentada no sábado | Foto: Fernanda Souza / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Em comemoração aos 10 anos de atividade, o Grupo Cerco formou uma parceria com o Theatro São Pedro para apresentar sua mostra de repertório nos próximos dias. Ao todo, a programação conta com quatro importantes espetáculos da trajetória da companhia.

A agenda inicia na sexta-feira, às 21h, com o espetáculo que originou o grupo, "O Sobrado". A montagem é uma adaptação de sete capítulos da obra literária "O Continente", que integra a trilogia "O Tempo e o Vento", de Erico Verissimo. A ação se passa em 1895, quando o chefe político republicano Licurgo Cambará se encontra há dez dias fechado em um sobrado junto com sua família e correligionários, sob o cerco de tropas federalistas.

No sábado, duas montagens ganham o palco do Theatro São Pedro. Primeiro, às 16h, será a vez de "Puli-Pulá", o primeiro espetáculo infanto-juvenil do grupo e também o seu primeiro trabalho de rua. Levando a tradição popular do pular corda, canções originais, histórias e jogos, a narrativa convida o espectador a mergulhar em um universo lúdico e brincar com o elenco em cena.

Em seguida, às 21h, será apresentado "Incidente em Antares", uma adaptação da segunda parte do romance homônimo de Erico Verissimo. Situado em um contexto pré-ditadura militar do Brasil, a narrativa mostra sete pessoas que morreram por diferentes causas e não são sepultadas porque os coveiros aderiram à uma greve geral. Indignados, os defuntos se levantam e vivos e mortos passam a discutir em praça pública a vida social e política da cidade de Antares.

"Arena Selvagem", a mais recente montagem do grupo, encerra a programação no domingo, às 21h. O enredo apresenta uma arena de seres humanos que se encontram com sua animalidade. Fazendo uma comparação entre a cidade e a selva, a opressão e a liberdade, instinto e a sobrevivência, o espetáculo busca revelar a artificialidade criada para diferenciar o homem dos outros animais.

Os ingressos custam entre R$ 30 e R$ 60 (inteira). A venda é feita pelo site e na bilheteria do Theatro São Pedro (Praça Marechal Deodoro, s/nº).