Correio do Povo | Notícias | Com texto de Nelson Rodrigues, Valsa #6 fará turnê nacional

Porto Alegre

12ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 19 de Junho de 2018

  • 15/02/2018
  • 16:09
  • Atualização: 17:47

Com texto de Nelson Rodrigues, Valsa #6 fará turnê nacional

Espetáculo de Caco Coelho retorna a Porto Alegre em maio

 Gisela Sparremberger protagoniza o monólogo | Foto: Fernando Piccoli / Divulgação / CP

Gisela Sparremberger protagoniza o monólogo | Foto: Fernando Piccoli / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Valsa #6, que adapta a obra homônima de Nelson Rodrigues e promove uma experiência sensorial, fará uma turnê nacional nos próximos meses, contemplando São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Porto Alegre. O retorno do espetáculo de Caco Coelho à Capital será nos dias 2 e 3 de maio, quando será apresentando às 21h, no Teatro do Bourbon Country (Túlio de Rose, 80).  Os ingressos custam entre R$30 e R$100 e podem se adquiridos pelo site ou na bilheteria local.

Décima peça de Rodrigues, Valsa nº6 é um monólogo que narra uma memória em que tempo e espaço se deslocam constantemente para se contar a angústia de Sônia, uma garota de quinze anos. Entre obscuras lembranças, ela evoca seu suposto assassinato. Na busca incessante por saber quem é e onde está, a personagem dá vida e voz a outras figuras que formam o universo do seu subconsciente: os pais, o médico da família, as criadas da casa, o homem por quem é apaixonada e as comadres da vizinhança.

A montagem é construída sobre um caminho de musicalidade textual e imagética, tornando-se um belo poema dramático e cênico. Em cena, a atriz Gisela Sparremberger intepreta esta mulher múltipla. Ela está morta. Portanto, livre do atribulado cotidiano, da tortura da vida. Ela trafega na serenidade da morte. O seu tormento é a presença ainda da vida, em sopros.  As enormes cortinas que revestem o ambiente de branco se perdem na imensidão do urdimento, causando a sensação de um espaço etéreo; o jogo de sombras e os cheiros que envolvem a todos entregam uma experiência sensorial em que o público é parte integrante do espetáculo. O espectador poderá ser tocado, manipulado, terá que vestir uma roupa branca (fornecida pela produção), ficando coberto da cabeça aos pés.