Correio do Povo | Notícias | "O Musical da Bossa Nova" estreia em Porto Alegre neste mês

Porto Alegre

20ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 23 de Junho de 2018

  • 06/03/2018
  • 13:54
  • Atualização: 14:26

"O Musical da Bossa Nova" estreia em Porto Alegre neste mês

Montagem terá três apresentações na Capital, uma no dia 24 e duas no dia 25

Espetáculo traça um panorama da Bossa Nova e aborda a sua importância para a música brasileira por meio de canções e histórias | Foto: Caio Gallucci / Divulgação / CP

Espetáculo traça um panorama da Bossa Nova e aborda a sua importância para a música brasileira por meio de canções e histórias | Foto: Caio Gallucci / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

"O Musical da Bossa Nova" estreia neste mês em Porto Alegre colocando em cena um dos movimentos mais influentes da música popular brasileira. O espetáculo terá três apresentações no Teatro do Bourbon Country (Túlio de Rose, 80): uma no dia 24 de março, às 21h, e outras duas no dia 25 de março, às 16h e às 19h. Os ingressos estão à venda e custam entre R$ 50 e R$ 140 (inteira).

Dividida em quatro partes, a montagem traça um panorama da Bossa Nova e aborda a sua importância para a música brasileira por meio de canções e histórias. Na primeira parte são tratadas as histórias e curiosidades sobre o nome 'Bossa Nova'; na segunda os temas são a origem do estilo musical, as influências do passado e como o cenário musical brasileiro propiciou o surgimento do movimento; o terceiro bloco trata dos costumes dos artistas da época e os locais onde se reuniam para criar; e o quarto e último mostra como a Bossa Nova ganhou o mundo.

Durante os 90 minutos de espetáculo, o público vai conferir interpretações de Claudio Lins, Marcelo Varzea, Nicola Lama, Andrea Marquee, Ariane Souza, Eduarda Fadini, Jullie, Stephanie Serrat, Tadeu Freitas e Juliana Marins. Os artistas apresentam composições que ficaram na memória afetiva de toda uma geração, como "Samba de uma nota só" (Tom Jobim e Newton Mendonça), "Ela é carioca" (Tom Jobim e Vinícius de Moraes), "Samba da minha terra" (Dorival Caymmi), "O Barquinho" (Roberto Menescal e Ronaldo Bôscoli), "Chega de saudade" (Tom Jobim e Vinícius de Moraes), "Minha namorada" (Carlos Lyra e Vinícius de Moraes), "Garota de Ipanema" (Tom Jobim e Vinícius de Moraes), "Samba de Verão" (Marcos Valle e Paulo Sérgio Valle), "Mas que nada" (Jorge Ben).

A montagem ainda conta com os músicos João Taubkin (baixo), Rafael Naine (guitarrista/violonista), Bruno Tessele (bateria) e Heberth de Souza (pianista regente). A direção é de Sergio Módena, que dirigiu o elogiado "Ricardo III, A arte da comédia". Delia Fischer, que esteve à frente de montagens como "Beatles num Céu de Diamantes", "Milton Nascimento - Nada Será Como Antes", "Rock in Rio, o musical", "Elis - A Musical", "Chacrinha, O Musical", assina a direção musical.