Correio do Povo | Notícias | PSG anuncia fissura no pé e Neymar será desfalque contra o Real

Porto Alegre

13ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 18 de Junho de 2018

  • 26/02/2018
  • 21:34
  • Atualização: 21:40

PSG anuncia fissura no pé e Neymar será desfalque contra o Real

Brasileiro deverá retornar aos gramados pelo menos daqui a três semanas

Neymar lesionou-se em partida do Campeonato Francês | Foto: Geoffroy Van der Hasselt / AFP / CP

Neymar lesionou-se em partida do Campeonato Francês | Foto: Geoffroy Van der Hasselt / AFP / CP

  • Comentários
  • AE

Neymar está fora do jogo do Paris Saint-Germain contra o Real Madrid, na próxima terça-feira, pela Liga dos Campeões da Europa, e provavelmente dos amistosos da Seleção Brasileira com Rússia e Alemanha, dias 23 e 27 de março. Ele sofreu fissura no quinto metatarso do pé direito. A contusão foi confirmada nesta segunda pelos médicos do PSG. O clube não divulgou o tempo de recuperação, mas a estimativa é de que ele ficará afastado por um período entre três semanas e um mês.

Além da fissura, o craque torceu o tornozelo direito ao pisar em falso no jogo do Paris Saint-Germain contra o Olympique de Marselha, no último domingo, no estádio Parque dos Príncipes, em Paris. Nesta segunda-feira, fez exames no CT do clube e à noite foi levado ao American Hospital de Paris para novo exame de imagem, que constatou a extensão da contusão.

"Exames complementares realizados nesta segunda-feira confirmaram uma entorse no tornozelo direito, além da existência de uma fissura no quinto metatarso do pé direito", comunicou o Paris Saint-Germain em seu site oficial. O clube explicou que Neymar também torceu a região ântero-externa do tornozelo direito.

A lesão de Neymar, além de ser um complicador para o clube parisiense na partida em que entrará em campo com a desvantagem da derrota por 3 a 1 sofrida do jogo em Madri, atrapalha o planejamento da seleção brasileira. O técnico Tite convocará nesta sexta-feira o grupo para os amistosos do final de março e considerava a presença do craque fundamental por vários motivos. Entre eles o fato de precisar treinar o Brasil contra equipes que jogam com uma linha defensiva de cinco jogadores. A comissão técnica da Seleção, aliás, passou a segunda-feira apreensiva. O preparador físico da seleção, Fabio Mahseredjian, conversou com o preparador físico particular de Neymar, Ricardo Rosa. Ele e o fisioterapeuta Rafael Martini acompanham o craque em Paris – os dois também são contratados do Paris Saint-Germain. E o médico Rodrigo Lasmar entrou em contato com seus colegas do time francês.

A hipótese de convocar Neymar não estava totalmente descartada nesta segunda-feira, mas as chances são praticamente inexistentes, pois, mesmo que tenha recuperação bastante rápida, ficará apto praticamente em cima da partida contra a Rússia.

Dia longo

Neymar começou a segunda-feira sendo submetido a exames no CT do Paris Saint-Germain. Chegou ao clube com o pé direito engessado e imobilizado. Foi informado que não houve lesão no ligamento e chegou a ficar otimista em jogar contra o Real Madrid. Comentou isso com amigos ao voltar para casa. Já estava programado que o atacante iria passar por nova bateria de exames, inicialmente marcadas para esta quarta-feira porque o tornozelo estava bastante inchado. No entanto, como o inchaço diminuiu, optou-se por antecipar o procedimento, que constatou a fissura.

A contusão de Neymar é, aparentemente, menos grave do que a sofrida por Gabriel Jesus em fevereiro do ano passado. Jogando pelo Manchester City, o ex-palmeirense fraturou o quinto metatarso do pé direito e ficou dois meses e meio sem atuar. Só voltou no final de abril e durante a recuperação enfrentou períodos em que teve o local imobilizado e não podia colocar o pé no chão. Também teve de recorrer a muletas para se locomover.


TAGS » Futebol, Esporte, Neymar