Correio do Povo | Notícias | "Posso começar a pensar no mundial de novo", diz Medina após vitória no Taiti

Porto Alegre

24ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

  • 20/08/2018
  • 15:51

"Posso começar a pensar no mundial de novo", diz Medina após vitória no Taiti

Paulista é o sexto brasileiro a vencer em sete etapas da World Surf League

Gabriel venceu no Taiti e assumiu a segunda colocação do Mundial da WSL | Foto: Damien Poullenot / WSL / Divulgação / CP

Gabriel venceu no Taiti e assumiu a segunda colocação do Mundial da WSL | Foto: Damien Poullenot / WSL / Divulgação / CP

  • Comentários
  • AE

Gabriel Medina entrou de vez na briga pelo título da temporada 2018 do Circuito Mundial de Surfe. No domingo, ele faturou o troféu da etapa do Taiti, disputado nas ondas de Teahupoo, e assumiu a segunda colocação do campeonato, atrás somente do compatriota Filipe Toledo. Após a conquista, Medina admitiu que voltou a sonhar com o título mundial.

"Eu treinei muito para conseguir outra vitória aqui nesse lugar fantástico. Eu amo o Taiti, já tive ótimas finais aqui, ganhei uma, fiquei em segundo duas vezes, agora consegui outra vitória e é incrível isso. Agora, eu posso começar a pensar em ganhar o título mundial de novo", disse o brasileiro, campeão no Taiti pela segunda vez - a primeira foi em 2014. Com o resultado do fim de semana, Medina chegou aos 35.685, contra 41.985 de Filipinho.

O campeão mundial de 2014 terá mais quatro etapas para rentar reverter esta desvantagem. "Eu acho que tudo é possível, pois ainda temos quatro eventos e eu só quero continuar dando o meu melhor nas baterias", projetou.

Na final no Taiti, no domingo, Medina estava em desvantagem até o minuto final da disputa com o australiano Owen Wright. "Eu estava rezando lá dentro para Deus mandar mais uma onda pra mim, só mais uma", afirmou o brasileiro, que virou o placar ao pegar a última onda da bateria.

"Estou muito feliz agora e sei que o Owen (Wright) deve estar com o mesmo sentimento que fiquei no ano passado (quando Medina perdeu a decisão para Julian Wilson), que foi horrível para mim, mas é por isso que amamos competir. Eu me sinto abençoado por ter estado no lugar certo na hora certa durante as baterias e agora quero aproveitar esse momento, antes de focar na próxima etapa lá no Surf Ranch."

 

ADIVINHA! ?????? @gabrielmedina . #champion #tahiti #teahupoo #surfing #surf #surfe #peopleontour

Uma publicação compartilhada por People On Tour (@peopleontour) em

Eliminado nas semifinais no Taiti, Filipinho exaltou seu bom resultado, sua melhor performance nas ondas de Teahupoo, apesar de não ter conseguido chegar à final. "Eu estou orgulhoso de mim mesmo por todo o trabalho duro que fiz aqui, pois o resultado na semifinal foi o meu melhor aqui em todos os anos", comentou o líder do campeonato.

O Circuito Mundial vai retornar no próximo mês com a disputa da etapa no Surf Ranch, onde fica a piscina de ondas de Kelly Slater, na Califórnia, entre os dias 6 e 9 de setembro.