Correio do Povo

Porto Alegre, 21 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
18ºC
Amanhã
14º 24º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Inter

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

04/12/2011 20:21 - Atualizado em 04/12/2011 20:23

Aliviado, Dorival exalta grupo após “grande conquista”

Técnico do Inter pede “três ou quatro reforços” para brigar por título da Libertadores

Dorival destacou grupo após vitóra no Gre-Nal<br /><b>Crédito: </b> Cristiano Estrela
Dorival destacou grupo após vitóra no Gre-Nal
Crédito: Cristiano Estrela
Dorival destacou grupo após vitóra no Gre-Nal
Crédito: Cristiano Estrela

A vitória no Gre-Nal e a consequente classificação à Libertadores deixaram o técnico do Inter, Dorival Júnior, aliviado, como ele mesmo admitiu, em entrevista coletiva após o jogo no Beira-Rio. O treinador falou minutos após o empresário Marcos Malaquias confirmar que Dagoberto jogará no Inter no ano que vem. “Mais três ou quatro reforços deste nível e a gente pode buscar algo a mais na Libertadores”, projetou Dorival.

Mas antes de comentar sobre grupo e adversários do torneio continental, o Inter precisou vencer o Gre-Nal. E não foi fácil: “Foi na base da superação”, afirmou Dorival. “Um jogo muito difícil, muito truncado e marcado. As defesas prevaleceram sobre os ataques e o Inter teve a felicidade de uma jogada do Oscar ter a possibilidade de um pênalti”, analisou ele, que disse ter evitado de se informar sobre os resultados paralelos durante o Gre-Nal: “Vi apenas a reação do torcedor e imaginei que fosse uma coisa boa”.

“Era obrigação”

A vitória por 1 a 0, alcançada com gol de pênalti de D’Alessandro, faz Dorival fechar o ano comemorando: “É um sentimento de dever cumprido e objetivo alcançado. Para nós, é uma grande conquista”, definiu ele, que reconheceu que a comemoração poderia ser maior. “O Inter fez grandes jogos ao longo da competição, que poderiam até nos dar uma condição melhor, brigando por uma outra condição”, ponderou.

“O Inter mostrou ao longo do ano que poderia estar brigando e infelizmente é uma situação que acaba te confortando de alguma forma. Ficamos satisfeitos por esse momento, mas acredito muito que poderíamos ter tido uma sorte melhor em razão de tudo aquilo que o Inter jogou”, argumentou o técnico, que cobrou a classificação à Libertadores em cima do rival: “Com todo o trabalho, ainda assim foi insuficiente. Agora era uma obrigação”.

Elogios ao grupo

Dorival minimizou a sua participação à frente do elenco, exaltando os jogadores. “O treinador ajuda, complementa um trabalho. Nada além disso.” Distribuindo elogios a “um grupo muito forte e amigo”, Dorival pediu “três ou quatro reforços”, além de Dagoberto, para brigar pela Libertadores. Mas advertiu contra grandes alterações: “O Inter tem que ter muito cuidado neste processo de transição. Tem que haver algumas alterações, mas com responsabilidade”.

Bookmark and Share

     Ouça o áudio: Entrevista coletiva de Dorival Júnior (Rádio Guaíba)
     Ouça o áudio: Entrevista coletiva de Dorival Júnior, continuação (Rádio Guaíba)
     Ouça o áudio: Gol do Grenal 389 (Rádio Guaíba)


Fonte: Rádio Guaíba






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.