Correio do Povo

Porto Alegre, 23 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
17ºC
Amanhã
15º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Inter

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

30/03/2012 21:53 - Atualizado em 30/03/2012 21:57

Dátolo garante que estará de volta contra o Santos

Mais recente baixa do Inter, meia elogia conterrâneos do time e promete empenho

Lesionado, meia do Inter garante que volta no jogo pela Libertadores<br /><b>Crédito: </b> Mauro Schaefer
Lesionado, meia do Inter garante que volta no jogo pela Libertadores
Crédito: Mauro Schaefer
Lesionado, meia do Inter garante que volta no jogo pela Libertadores
Crédito: Mauro Schaefer

A lesão que afastou Dátolo do jogo de domingo, contra o Canoas, não é motivo de preocupação. Pelo menos para ele, que concedeu entrevista à Rádio Guaíba na noite desta sexta-feira. “Seguramente estarei contra o Santos. Vamos tentar ganhar para alegrar a nossa torcida.”

Contratado em meio aos rumores da saída de D'Alessandro, no fim de janeiro, Dátolo adaptou-se bem ao Inter e não ficou à sombra do camisa 10. O desempenho nos 10 primeiros jogos com a camisa colorada é celebrado. “Estou bem e contente e isso faz com que eu tenha esse crescente”, afirmou ele, que já anotou cinco gols pelo Inter – o primeiro logo na estreia, num Gre-Nal.

A adaptação, segundo ele, foi fácil muito pela ajuda da colônia argentina no Beira-Rio: “Companheiros como D'Alessandro, Guiñazu e Bolatti foram bárbaros”. Mas a cidade também colaborou: “O pessoal daqui de Porto Alegre me tratou muito bem”.

Dátolo pede cuidado com Boca na Libertadores

Ao projetar o confronto com o Santos na próxima quarta-feira, Dátolo quer que o Inter se concentre mais na forma de atuar do que se preocupar com Neymar e companhia. “Temos que ter consciência que vamos estar em nosso campo e jogar o nosso futebol. Temos que ir pensando em ganhar e saber que estamos representando o Inter”, recomendou.

Passando de fase, Dátolo elegeu o Boca Juniors, por onde já atuou e foi campeão da América, como potencial adversário pelo título, ainda que a campanha do time da Bombonera não esteja lá das melhores. “Boca é sempre Boca, é muito grande e está acostumado a pelear coisas importantes”, alertou.

Bookmark and Share

Fonte: Rádio Guaíba e Correio do Povo






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.