Porto Alegre, sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

  • 31/03/2012
  • 09:29
  • Atualização: 09:33

“Força excessiva é característica do Gauchão”, avalia Victor

Goleiro credita sequência de lesões do Grêmio à sequência forte no campeonato

Para Victor, pegada é uma das características do Gauchão | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / CP

Para Victor, pegada é uma das características do Gauchão | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / CP

  • Comentários
  • Rádio Guaíba e Correio do Povo

O goleiro Victor lamentou a lesão de seus dois companheiros de setor defensivo, com Werley tendo fratura nas costelas confirmada após Gilberto Silva também desfalcar a equipe com o nariz quebrado. Para o arqueiro tricolor, a sequência muito forte de jogos no Gauchão resultou no departamento médico cheio do Grêmio. “O campeonato tem essa característica, de ser mais pegado, de às vezes ocorrer força excessiva”, avaliou.

Em meio às disputas de Gauchão e Copa do Brasil, o Grêmio enfrenta as ausências da já citada dupla de zaga, de Mário Fernandes e, ainda mais importante, do atacante Kléber. A principal estrela do time tem previsão de voltar ao futebol apenas no segundo semestre, após fratura no tornozelo.

Victor enfatizou que a equipe tem peças suficientes para recompor a dupla de zaga, mas admitiu que perderá um pouco de proteção por conta do entrosamento. “O diálogo e comunicação dentro de campo são importantes no setor”, explicou o goleiro. “Mas não podemos ficar lamentando, pois temos jogadores no mesmo nível para substituir. Vamos dar confiança aos que vão entrar para fazer o melhor do que Gilberto e Werley vinham fazendo”, destacou.

Ele salientou que, independentemente dos desfalques, o grupo precisa focar na evolução para conquistar os campeonatos do primeiro semestre. “Queremos ser o time de melhor campanha para decidir em casa o Gauchão”, enfatizou Victor.”"A gente precisa melhorar a cada jogo e não se acomodar em cima de resultados”, ponderou o goleiro.

Bookmark and Share